COMO GANHAR DINHEIRO LENDO EMAIL

Ganhe dinheiro lendo e-mails! Trabalhe lendo e-mails, anúncios e ganhe dinheiro na internet! Cadastre-se agora através do meu convite!
http://www.e-clicky.net/herculano

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

CHEGUE-SE AO INIMIGO


“Então, se chegou Joabe e o povo que tinha consigo diante dos siros, para a batalha; e fugiram de diante dele” (1 Crônicas 19.14).

Uma das maiores confederações de nações foi formada para destruir o povo de Deus, porém, bastou uma simples decisão para levá-las à derrota. Com isso, os servos do Senhor aprenderam a lição de que quem foge do inimigo está contaminado por ele. A fé nos manda crer no Senhor acima de tudo. Por isso, quem a tem não se amedronta. Foi suficiente Joabe – o comandante do exército de Israel – e o povo, que com ele estava, chegarem-se diante dos sírios, para que estes fugissem (v. 14). Creia, e o mesmo acontecerá com você!

Aos olhos da carne, os dias de Israel estavam contados; afinal, as nações que se uniram contra o reinado de Davi estavam muito bem armadas. Para se ter uma ideia, só de carros de guerra havia 32 mil, além dos milhares de soldados. Mas a decisão de Joabe fez mudar completamente aquele quadro. O que aprendemos com isso é que quem tenta escapar do adversário está, na verdade, contaminado por ele. Por outro lado, quem o enfrenta, em Nome do Senhor dos Exércitos, obtém a ajuda divina.

O Livro Sagrado declara que a fé vem quando damos ouvidos à Palavra de Deus (Romanos 10.17). Ora, o oposto da fé é o medo, o qual surge ao crermos na ameaça do diabo. Então, diante de qualquer desafio, é preciso refletirmos sobre o que existirá em nosso coração: se deixarmos o medo entrar, ficaremos nas mãos de Satanás e, consequentemente, não teremos o Senhor ao nosso lado. Entretanto, o contrário também é verdade: se tivermos fé, venceremos o inimigo, pois o Pai celeste estará conosco. Por conta disso, sempre pense naquilo que você deixará governar o seu coração.

A fé é senhor de quem a possui. Ela nos leva a crer no Altíssimo, a despeito da provação, e a avançar contra as hostes inimigas. Ela nos garante que, em qualquer situação, seremos vitoriosos. O diabo pode “pintar o quadro” do modo mais sombrio que for, mas, se confiarmos no Todo-Poderoso, nem um pingo de atenção daremos à feia pintura do maligno.

Ao lermos a passagem de 1 Crônicas, temos a impressão de que, naquela vez, o povo de Deus sofreria uma terrível derrota. Contudo, quando Joabe concebeu o plano e o pôs em execução, ficou pasmo ao ver os sírios fugirem diante dele. Como se não bastasse, os amonitas, ao verem os sírios fugirem, desesperaram-se e tentaram escapar também.

Ainda hoje, o Altíssimo orienta Seus soldados a agirem corretamente no combate. O segredo é não olhar para as ameaças do inimigo, mas, sim, para o Autor e Consumador da fé (Hebreus 12.2). Ele dará a você as instruções necessárias. Então, siga a orientação divina, e verá que o adversário, além de tudo, é um covarde. Quando você aceitou Jesus Cristo como Salvador e Senhor da sua vida, optou por ser vencedor sempre. Por isso, não aceite nenhuma derrota! Seja forte, valente, pois Deus irá coroá-lo de vitórias!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares


domingo, 30 de agosto de 2009

PERGUNTAS DESNECESSÁRIAS


“Lembra-te, agora: qual é o inocente que jamais pereceu? E onde foram os sinceros destruídos?” (Jó 4.7).

Se estamos passando por um bom momento em nossa vida, geralmente nem paramos para examinar se temos ou não andado conforme o plano divino. Porém, quando estamos em crise e não encontramos saída para os problemas, logo ficamos perturbados e começamos a questionar o motivo de estarmos em determinada situação e a formular as mais variadas perguntas – algumas até desnecessárias. Na verdade, a nossa revolta se traduz em uma tentativa de atribuir qualquer erro a Deus, que, segundo pensamos erradamente, falhou em algum momento. Mas Ele é perfeito; nunca erra nem Se equivoca.

Todas as adversidades que nos são acometidas têm alguma explicação. Então, para que os males não nos atinjam, é preciso evitá-los vivendo em comunhão com o Pai. Não é errado perguntar-Lhe a razão de certos infortúnios nos sobrevirem. Por exemplo, Josué rasgou suas vestes e indagou a Deus por que Ele tinha permitido que os habitantes da minúscula cidade de Ai derrotassem o exército de Israel – e ele obteve a resposta (Josué 7). É certo querer saber por que tal coisa aconteceu em sua vida, mas nunca acuse o Senhor de ter ajudado alguém que você julga menos merecedor ou mais pecador. Ninguém conhece o que se passa no coração do homem, tampouco no do Senhor. Por isso, é errado querer dizer ao Pai celeste que alguém que Ele está abençoando não é espiritual.

Há muitos que trazem dentro de sua alma pecados escondidos; outros deixam Satanás agir na vida deles por alguma tentação ou por ódio de quem lhes fez mal. Então, se a opressão entra no coração dessas pessoas, é porque a porta dele está aberta; afinal, sem causa, o homem jamais será visitado por qualquer força maligna. No caso citado de Josué, em relação à derrota que os israelitas sofreram em Ai, a causa foi Acã, que tomou do anátema, das coisas condenadas. Em nossos dias, acontece o mesmo: atrás de qualquer acontecimento desagradável está alguém que prevaricou – ou se deixou seduzir –, dando brecha para o inimigo entrar. Ninguém tinha visto o erro daquele homem, mas o Senhor, que tudo vê, não pôde mais ser com o povo israelita, assim como, hoje, Ele não tem como ajudar os que se deixam seduzir pela iniquidade.

Busque do Todo-Poderoso a explicação das coisas ruins que lhe estão acontecendo. Afinal, onde está a vida abundante que Jesus prometeu dar a você (João 10.10)? Ou, ainda, onde está o cumprimento das promessas, já que o céu e a terra passarão, menos as palavras do Senhor (Mateus 24.35)? Ele não erra nem vacila. Se você está passando por algo ruim, há uma explicação para isso. Quem vive em comunhão com o Pai pode ser comparado a alguém cujo sistema imunológico está bem e não pode ser atingido por doença alguma.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares


sábado, 29 de agosto de 2009

O MODO CERTO DE CONSEGUIR A PROSPERIDADE

“A fazenda que procede da vaidade diminuirá, mas quem a ajunta pelo trabalho terá aumento” (Provérbios 13.11).Você pode construir sua casa sobre a areia ou a Rocha (Mateus 7.24-27). Para isso, precisará escolher entre agir com vaidade ou permitir a operação de Deus. É importante, porém, tomar cuidado com o custo do erro, pois o Altíssimo aumentará o que Ele ajudou a construir, mas não impedirá o diabo de destruir o que não foi erguido com a ajuda do Pai. A fonte ou origem do seu crescimento é muito importante. O desejo do Senhor é compartilhar tudo conosco. O Onipotente quer que andemos com Ele, assim como fez Enoque, o qual não foi mais achado, pois Deus para Si o tomou (Gênesis 5.24). Sem dúvida, os que andam com o Altíssimo permitem que sejam tomados por Ele.Se estivermos no Caminho do Senhor, seguindo lado a lado com Ele e deixando que Sua sabedoria nos dirija, nada nos decepcionará. Por outro lado, se não andarmos com Ele nem consultarmos Sua direção, seremos guiados pela vaidade dos nossos sentidos. Porém, quando agimos dessa forma, achando que podemos decidir por nós mesmos, somos comparados pelo Senhor com o homem insensato: aquele que construiu sua casa sobre terreno arenoso e, com as chuvas e fortes correntezas, teve sua moradia desmoronada. A vaidade do nosso sentido é um péssimo terreno para a construção de qualquer edificação; ela não suporta as tempestades desta vida.Quem é prudente não se apressa. Antes, deposita seus planos no altar divino, sabendo que, no tempo certo, receberá a direção e porá mãos à obra. Depois de ter cavado fundo, lança seu alicerce sobre a Rocha – o Senhor (Salmo 31.2,3) – e nada abalará sua construção, nem mesmo o pior temporal. Essa história de “pegar ou largar”, de agir no impulso, não provém de Deus. Quem age apressadamente ou toma atitudes erradas para amealhar riquezas ou solucionar problemas não obedece ao Senhor e, por isso, peca. Para que os fins sejam abençoados, os meios têm de ser aqueles dados pelo Pai celeste. Há, porém, muitas pessoas dominadas por demônios por não observarem quem as impulsiona. A Palavra declara que, para essas, o salário do pecado é a morte, a natureza de Satanás (Romanos 6.23). Por outro lado, os justos, além do sucesso obtido, receberão um bônus dado pelo Senhor.Onde não há paz, a mão de Deus não está operando. Então, é melhor não possuir riqueza nenhuma – mas ter a presença divina – do que acumular muitos tesouros com a operação do diabo. Afinal, o Senhor não pode guardar um bem que foi adquirido com a ajuda do inimigo.Só permanecerá a casa que for construída sobre a Rocha. Por isso, preste atenção: não aceite nada que provém do erro, mas aja sabiamente e busque apenas a ajuda do Altíssimo.Em Cristo, com amor,R. R. Soares

Minuto de oração

Faça esta oração mesmo que não sinta vontade!!! Levará apenas um minuto. Você sabe que Deus irá abençoá-lo!!! Boas coisas acontecem quando você menos espera!!!  Querido Deus, eu agradeço por este dia, eu agradeço por ser capaz de ver e ouvir esta manhã, eu sou abençoado porque o Senhor é o Deus do perdão e da compaixão, o Senhor tem feito muito por mim e continua me abençoando. Perdoe-me neste dia por tudo que eu tenha feito, dito ou pensado que não era agradecimento ao Senhor. Eu peço agora por Seu perdão!   Por favor, mantenha-me a salvo dos perigos e tormentas. Ajude-me a começar este dia com uma nova atitude de gratidão plena. Deixe-me fazer o melhor a cada e todo dia, para limpar a minha mente e poder escutá-Lo. Por favor, que minha mente possa aceitar todas as coisas.   Não me deixe lamentar e queixar sobre as coisas as quais não tenho controle. E esta é a melhor resposta quando eu estiver além do meu limite. Eu sei que eu posso Orar. O Senhor escuta o meu coração. Continue a me usar para fazer a Sua obra. Continue a me abençoar para que eu possa ser uma benção para os outros. Mantenha-me forte para que eu possa ajudar os necessitados. Mantenha-me de pé para que eu possa ter palavras de encorajamento para os outros.   Eu Oro para todos aqueles que perderam e não conseguem encontrar o Seu caminho. Eu Oro para todos aqueles que são oprimidos e mal compreendidos. Eu Oro por todos aqueles que não Te conhecem intimamente. Eu Oro por todos aqueles que apagam esta mensagem sem compartilhá-la com outros. Eu oro por aqueles que não acreditam. Mas eu agradeço ao Senhor porque eu acredito que Deus muda as pessoas e as coisas. Eu oro por minhas irmãs e irmãos, pelas famílias e seus lares. Eu oro pela paz, amor e alegria em suas casas. Que eles quitem seus débitos e tenham todo alimento de que necessitam. Eu oro para que todos os olhos que leiam esta oração não saibam o que é problema, circunstância ou situação maior que Deus.   Senhor toda batalha está em Tuas mãos para lutar conosco. Eu oro para que estas palavras possam ser recebidas no coração de cada um que a leia.  Se você orou mude o número na caixa 'assunto' antes de enviar a mensagem para outras pessoas. Veja quantos já fizeram esta oração!!! Que Deus lhe abençoe!!! Apenas repita esta frase e veja como Deus se movimenta em nossas vidas.  Deus eu Te amo e preciso de Ti Senhor.  Senhor Venha para o meu coração, por favor.  Passe esta mensagem para todos da sua lista (menos eu e você). Você, com certeza receberá bênçãos sem conta da parte de Deus, ainda hoje. Não ignore, Deus irá abençoá-lo(a). Agora que você já está abençoado(a) pela pessoa que lhe enviou isto faça o mesmo.  Fonte:www.otimismoemrede.com 

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Lei do Caminhão de Lixo

Um dia peguei um taxi e fomos direto para o aeroporto.

Estávamos rodando na faixa certa quando de repente um carro preto
saltou do estacionamento na nossa frente.

O motorista do taxi pisou no freio, deslizou e escapou do outro carro
por um triz!

O motorista do outro carro sacudiu a cabeça e começou a gritar para nós.

O motorista do taxi apenas sorriu e acenou para o cara.

E eu quero dizer que ele o fez bastante amigavelmente.

Assim eu perguntei: 'Porque você fez isto? Este cara quase arruina o
seu carro e nos manda para o hospital!'

Foi quando o motorista do taxi me ensinou o que eu agora chamo 'A Lei
do Caminhão de Lixo".

Ele explicou que muitas pessoas são como caminhões de lixo. Andam por
ai carregadas de lixo, cheias de frustrações, cheias de raiva, e de
desapontamento. A medida que suas pilhas de lixo crescem, elas
precisam de um lugar para descarregar, e às vezes descarregam sobre a
gente. Não tome isso pessoalmente.

Apenas sorria, acene, deseje-lhes bem, e vá em frente. Não pegue o
lixo delas e espalhe sobre outras pessoas no trabalho, em casa, ou nas
ruas.

O princípio disso é que pessoas bem sucedidas não deixam os seus
caminhões de lixo estragarem o seu dia. A vida é muito curta para
levantar cedo de manhã com remorso, assim... Ame as pessoas que te
tratam bem. Ore pelas que não o fazem.

A vida é dez por cento o que você faz dela e noventa por cento a
maneira como você a recebe!

Tenha uma semana abençoada, livre de lixo!

--
Fonte: www.otimismoemrede.com

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

VOCÊ RECLAMA?


AS ETERNAS E NORMALMENTE INFUNDADAS RECLAMAÇÕES...

Antigamente tudo era melhor...
O mundo, hoje, vai mal...
O carro não pega...
A minha promoção não sai...
O sinal ainda esta fechado...
Meu time perdeu...
Que calor insuportável...
Que frio terrível...
Minha mulher só reclama...
Meu marido só pensa em futebol...
Os amigos sumiram...
Essas crianças não param de chorar...
A cidade ta uma sujeira...
Meu chefe não me compreende...
O ônibus não aparece...
E essa fila que não anda...
Ninguém reconhece meu trabalho...
Os preços não param de subir...
Meu telefone vive enguiçado...


QUE VIDA, HEIN!
MAIS ALGUMA RECLAMAÇÃO?

E se eu tivesse nascido em berço de ouro?
E se eu ganhasse uma enorme quantia?
E se não existisse tanta gente atrapalhando minha vida?
E se eu conseguisse um diploma sem precisar estudar?
Porque a gente tem tanta luta e tribulação, tanta dor e sofrimento,
transformando a vida num "Vale de lágrimas"?
DIFÍCIL, NÃO É MESMO???
MAS AGORA PRESTE MUITA ATENÇÃO NESTA SITUAÇÃO...
Jesus nasceu num estábulo... EMPRESTADO!
Jesus montou num burrico... EMPRESTADO!
Jesus multiplicou os pães e peixes num cesto... EMPRESTADO!
Jesus utilizou um local para evangelizar... EMPRESTADO!
Jesus promoveu um milagre num barco... EMPRESTADO!
Jesus foi sepultado em um túmulo... EMPRESTADO!


SÓ A CRUZ ERA D'ELE!
E Ele nunca reclamou, murmurou e jamais blasfemou
Ele sempre louvou e agradeceu por realizar a vontade do Pai.
É preciso aprender dar mais valor as pessoas, coisas e situações que
nos são impostas por Deus.
Existem dois caminhos:
1º O das lamentações e dos "por que"?
2º O do louvor e agradecimento, do "Para que Senhor". Seja feita a tua vontade.
Cada um escolhe o seu.
Vamos Agradecer e Evangelizar!!!

Pe Marcelo Rossi

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Vida é Superação

A nossa alegria supera nossa tristeza,
nosso consolo supera nossa dor,
nossa fé supera nossa dúvida,
nossa esperança supera nosso desespero,
nosso entusiasmo supera nosso desânimo,
nosso sucesso supera nosso fracasso,
nossa coragem supera nosso medo,
nossa força supera nossa fraqueza,
nossa perseverança supera nossa inconstância,
nossa paz supera nossa guerra,
nossa luz supera nossa escuridão,
nossa voz supera nosso silêncio,
nossa paciência supera nossa impaciência,
nosso descanso supera nosso cansaço,
nosso conhecimento supera nossa ignorância,
nossa sabedoria supera nossa tolice,
nossa vitória supera nossa derrota,
nossa ação supera nosso tédio,
nosso ganho supera nossa perda,
nossa resistência supera nossa fragilidade,
nosso sorriso supera nosso choro,
nossa gratidão supera nossa ingradidão,
nossa riqueza supera nossa pobreza,
nosso sonho supera nossa realidade...
Nosso amor a Deus, ao próximo, à vida, nos faz superar tudo!
(Pr. Edilson Ramos)

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Só mais um minuto


Um homem, no limite de suas forças, atentou contra a própria vida com
uma arma de fogo. Ouvindo o tiro, o vizinho entrou naquele
apartamento, e ao lado do corpo encontrou uma carta assim escrita:

"Não deu para suportar.

Passei a noite toda como um louco pelas ruas.

Fui a pé...não tinha condições de dirigir.

Perdi meu emprego por injustiça feita contra mim. Nada mais consegui.

Ontem telefonaram avisando que minha moradia no campo foi incendiada.

Estava ameaçado de perder este apartamento por não ter pago as prestações.

Só me restou um carro tão desgastado que nada vale.

Afastei-me de todos os meus amigos com vergonha desta humilhante
situação... e agora, chegando aqui, não encontrei ninguém...fui
abandonado e levaram até minhas melhores roupas!

Aquele que me encontrar, faça o que tem que ser feito.

Perdão.

O vizinho dirigiu-se ao telefone para chamar a polícia.

Quando esta chegou viu que havia recado na secretária eletrônica. Era
a voz da mulher do morto:

- Alô ! Sou eu querido! Ligue para a firma! O engano foi reconhecido e
você está sendo chamado de volta para a semana que vem! O dono do
apartamento disse que tem uma boa proposta para não o perdermos!

Estamos na nossa casinha de campo. A história do incêndio era trote!

Isso merece uma festa, não merece? Nossos amigos estão vindo para cá. Um beijo!

Já coloquei suas melhores roupas no porta malas do seu carro. Vem!

Nunca perca a esperança, por piores que sejam as circunstâncias.

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Leia e Medite

"Uma formiga pequena viaja na velocidade de 1/17 de uma milha por hora. A lua está 144.000 milhas longe da Terra. Se
você pudesse estirar um fio de barbante da Terra até a lua,
quanto tempo levaria para aquela formiga levar um grão de
areia para a lua e voltar? Para sempre? Mas quanto tempo
levaria aquela mesma formiga para remover a Terra inteira
para a lua, um grão de areia de cada vez? Nossa mente não
pode conceber quanto tempo levaria. Mas, você sabia que o
tempo gasto por aquela formiga levando grão por grão de
areia da terra para a lua, é apenas o início da eternidade?
A eternidade é para sempre e sempre e sempre... Como um
círculo, ela não tem fim. Você e eu gastaremos a eternidade
em algum lugar. Você está se preparando para ela?" (Dave
Atnip)

A oportunidade que temos de preparar nossa eternidade é aqui e agora. Que ela vem, ela vem! Não duvide. Quanto a isso, nada podemos fazer... O que podemos é decidir onde a passaremos. O que podemos é começar agora a semear no eterno. E tudo começa com fé! Uma fé inteligente no Único que pode nos levar até o lado bom dessa eternidade e o Único que pode nos livrar do outro lado... Ele é o Caminho, a Verdade e a Vida. Sem Ele, ninguém vai ao PAI...
Medite sobre isso e tome uma decisão!
Anna Paula Mendes.

domingo, 23 de agosto de 2009

AS TROPAS DE DEUS

“Já se ouve a gritaria da multidão sobre os montes, semelhante à de um grande povo, a voz do reboliço de reinos e de nações já congregadas. O SENHOR dos Exércitos passa em revista o exército de guerra” (Isaías 13.4).

A Babilônia citada por Isaías é mais do que o país do famoso Nabucodonosor. É aquela cujo poder será destruído completamente pelos consagrados do Senhor, os quais já receberam autoridade para isso. Deus está passando em revista Sua tropa. Que Ele não o ache sujo, mal vestido e desarmado; antes, faça o barulho santo ser ouvido.

A Babilônia representa o reinado de Satanás. Por causa do pecado cometido por Adão, o primeiro homem, o inimigo tem dominado a terra e feito muitos seres humanos seus escravos, usando-os em todos os níveis de iniquidade. Como tirano, e com mão de ferro, o diabo escraviza, domina e destrói a vida das pessoas por meio de enfermidades, práticas erradas e os mais diversos crimes. No entanto, a Igreja precisa despertar e ver que Sua posição é de autoridade, porque foi chamada para executar a ira de Deus.

Não devemos ficar impressionados com o poder infernal que tem dominado e destruído vidas, pois Jesus nos constituiu autoridades do Reino de Deus para aniquilar as obras do diabo. Hoje, se a Igreja se dispuser, poderá libertar os cativos do pecado, levando as pessoas à libertação. Nós, que somos de Cristo, estamos autorizados a usar o poder que nos foi confiado para fazer a obra do Pai.

O novo nascimento nos fez povo de Deus e nos deu poder para agir em Nome de Jesus (Marcos 16.17). Somos consagrados do Senhor e fomos comissionados a destruir as obras satânicas aqui na terra. Quando clamamos a Deus pela libertação de uma pessoa possuída por espíritos malignos, Ele nos atende. Agindo em Nome do Senhor, o diabo tem de nos obedecer. Milhões de pessoas esperam pela nossa ação que irá libertá-los.

Deus está passando em revista Sua tropa, por isso, devemos estar atentos, pois Ele não quer que os Seus O envergonhem com suas atitudes. Ter amplo conhecimento bíblico é fundamental para a vitória, pois as armas que temos de usar contra o mal nos são dadas pelo entendimento que recebemos pela pregação da Palavra (2 Coríntios 10.14).

Não é bom apresentar-se a Deus sem a devida preparação. O soldado da cruz não pode estar sujo pelo pecado, sem as vestes purificadas. Elas precisam estar lavadas pelo sangue de Jesus. Cuide para não se apresentar sem armas da nossa milícia. Deus somente pode usar quem está cheio do Espírito Santo. Aquele que tem do que se envergonhar jamais será bem-sucedido (2 Timóteo 2.15). Faça ouvir o barulho santo em todo o lugar, pois este som deixa o diabo desesperado.

Em Cristo, com amor,

sábado, 22 de agosto de 2009

DEIXE O SACERDOTE FALAR

“E será que, quando vos achegardes à peleja, o sacerdote se adiantará, e falará ao povo” (Deuteronômio 20.2).

Deus sempre Se importou tremendamente com quem Ele confere um ministério. No passado, Ele levantava os sacerdotes que Lhe serviriam e exigia que fossem respeitados. O ofício deles era ministrar ao Senhor em favor do povo e, por intermédio deles, Deus orientava os Seus. Esse ministério não terminou, mas foi ampliado, pois quem dá ouvidos aos profetas prospera (2 Crônicas 20.20), e, assim, Deus cumpre Suas promessas.

Moisés deixou instruções para o povo de Deus não sofrer derrota, avisando que o exército dos israelitas deveria dar mais atenção à Palavra que aos ensinamentos dos comandantes. As palavras que o sacerdote falava tinham o poder de fortalecer os filhos de Israel, que, ao crerem no que o homem de Deus iria dizer-lhes, seriam imbatíveis. Ainda hoje, os que dão ouvidos às orientações do Senhor conseguem uma força que ninguém julga ser possível, mas podemos ver que essas pessoas fazem proezas em Nome de Jesus (Marcos 16.17,18).

Ao colocar alguém para representá-lO, o Senhor não o faz de qualquer maneira. Deus é perito na escolha de quem deve assumir os ministérios de Sua obra e honra os que O honram (1 Samuel 2.30). Por isso, qualquer pessoa que esteja cumprindo uma chamada não deve deixar-se levar pela ideia de que não tem valor algum, que o Altíssimo não tem compromisso com quem Ele chamou ou sua missão não é algo muito significativo. O Senhor exige respeito pelos Seus sacerdotes, e Ele mesmo os respeita.

A função sacerdotal era ministrar em favor do povo. Em seu ofício, o sacerdote seria aceito pelo Senhor toda vez que ocupasse seu posto. Além de ministrar, ele recebia orientação do Santo Espírito a ser transmitida ao povo, como, por exemplo, quando, ao curar um leproso, o Mestre mandou que ele se mostrasse ao sacerdote, conforme prescrevia a Lei (Mateus 8.2-4). Hoje, Ele continua cumprindo o que foi escrito.

Com a vinda de Jesus, o ofício sacerdotal passou por uma ampliação. Agora, não são só uns poucos que são chamados para esse ministério, mas todos os que nascem na família de Deus são automaticamente sacerdotes (Apocalipse 5.10). Eles devem viver em santidade e, sempre que possível ou necessário, podem exercer o sacerdócio. Como os sacerdotes do passado, os atuais também são honrados.

Ao dar as orientações, o sacerdote exerce o papel de profeta, por isso, tenha cuidado para não desprezar o que o Altíssimo fala pela boca dos Seus, pois dar ouvidos ao recado divino traz prosperidade. Creia e confie, pois o Senhor Deus é cumpridor de tudo quanto promete.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Vivendo em festa



Aprendi na minha adolescência que festa é você bem por dentro, ou seja, no seu interior.

Estar em paz com Deus, consigo mesmo, com o próximo, esta é a festa que não precisa de coisas superficiais para ser vivida, e que não acaba na quarta-feira de cinzas.

A alegria verdadeira não precisa de máscaras, não precisa de bebida Alóolica, Não precisa de Drogas, não precisa de prostituição ou coisas semelhantes para sobreviver.

A alegria verdadeira existe, e não dura apenas 4 dias.

Infelizmente milhares de pessoas sem direção na vida, seguem ouvindo os tambores da tristeza disfarçados de alegria, e pulam, semeando o nada no solo de seus corações.

Como atores de um filme, vivem a falsa alegria de uma cena prestes a acabar, deixando apenas um vazio interior no final de tudo.

Existe um ponto final em tudo o que não é real, mas ao que é real a promessa do que o espetáculo da vida é profundo, belo, eterno.

Jesus Cristo disse: "Se alguém tem sede (sede de alegria verdadeira, de paz, de amor, de propósito...) Venha a Mim e beba". (João 7:37)

(Pr. Edilson Ramos)

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

DIAS ATRIBULADOS

“E Israel esteve por muitos dias sem o verdadeiro Deus, e sem sacerdote que o ensinasse, e sem lei” (2 Crônicas 15.3).

O maior erro que o homem pode cometer é não se curvar ante a Palavra do Senhor, pois, agindo dessa maneira, vive sem o verdadeiro Deus e enfrenta muitos problemas. Ora, se não há quem ensine a Verdade, não há como aprendê-lA – e, uma vez que a Lei não é respeitada, todos fazem o que querem.

Viver em um país tomado pela anarquia deve ser desesperador. Por incrível que pareça, isso aconteceu com o povo de Deus: os filhos de Israel deixaram o Altíssimo, que os tirara do cativeiro egípcio, e, então, a corrupção tomou conta deles, que logo passaram a agir da maneira que bem queriam. Como resultado, a paz chegou ao fim, bem como o respeito ao próximo, e todos pagaram um preço.

A solução para o homem livrar-se dos males é servir ao Senhor. Inclusive, a Palavra declara que feliz é o povo que tem o Altíssimo como o seu Deus (Salmo 33.12). Por outro lado, não há nada pior do que não temer. Sabemos que o inimigo impera onde o Todo-Poderoso não Se faz presente. Então, de que vale alguém pertencer a uma excelente família, ser cuidado pelos seus, desfrutar de boa saúde ou ser próspero, se ele não respeita o Pai celeste?

O mundo está em crise por não ter o Criador no centro de seu viver. Em alguns lugares, o homem não passa de uma “máquina” de trabalho. Também não são poucos os que só vivem para satisfazer as vontades da carne, não dando importância aos assuntos divinos. Esses indivíduos, infelizmente, esquecem-se de que o diabo é mau e deseja destruir a raça humana (João 10.10a).

Não queremos dizer que as pessoas são más; na verdade, muitas só não são espirituais por não terem alguém que lhes ensine a Palavra. Quem não é orientado na Verdade pode ser levado a tomar decisões que não são as melhores, porque onde não há um bom mestre não pode haver bons alunos. Porém, como cristãos, temos obrigação de sermos o exemplo e instruirmos o próximo com palavras e atos.

Só há um remédio para todas as dificuldades: temer o Senhor. No entanto, poucos se dispõem a fazer isso. O pior é que o homem tem a facilidade de se deixar levar pelo espírito do erro, e quem está nessa situação sempre tenta achar justificativas para seu procedimento. Muitos, por exemplo, têm o hábito de proferir um ditado que não provém do Senhor. Eles dizem: “A minha educação depende da conduta do próximo”. Ora, quem tem o Altíssimo como seu Deus não se deixa levar por essa invenção maligna, mas cumpre à risca a prescrição da Santa Palavra.

Enquanto Israel esteve sem o verdadeiro Deus, o caos reinou. Quando, porém, buscou o Altíssimo e se converteu dos maus caminhos, pôde desfrutar de anos de sossego e prosperidade. Então, se você está afastado de Deus e de Sua Lei, cuidado! Sirva a Ele, pois, onde o temor do Senhor não se faz presente, as forças das trevas dominam.

Em Cristo, com amor,

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

VOCÊ É SUBSTITUIVEL?

Na sala de reunião de uma multinacional o diretor nervoso fala com sua equipe de gestores.

Agita as mãos, mostra gráficos e, olhando nos olhos de cada um ameaça:
"ninguém é insubstituível".


A frase parece ecoar nas paredes da sala de reunião em meio ao silêncio.

Os gestores se entreolham, alguns abaixam a cabeça. Ninguém ousa falar nada.

De repente um braço se levanta e o diretor se prepara para triturar o atrevido:

- Alguma pergunta?

- Tenho sim. E Beethoven?

- Como? - o encara o gestor confuso.

- O senhor disse que ninguém é insubstituível e quem substituiu Beethoven?

Silêncio.

Ouvi essa estória esses dias contada por um profissional que conheço e achei muito pertinente falar sobre isso.

Afinal as empresas falam em descobrir talentos, reter talentos, mas, no fundo continuam achando que os profissionais são peças dentro da organização e que, quando sai um, é só encontrar outro para por no lugar.

Quem substituiu Beethoven? Tom Jobim? Ayrton Senna? Ghandi? Frank Sinatra? Garrincha? Santos Dumont? Monteiro Lobato? Elvis Presley? Os Beatles? Jorge Amado? Pelé? Paul Newman? Tiger Woods? Albert Einstein? Picasso? Zico?

Todos esses talentos marcaram a história fazendo o que gostam e o que sabem fazer bem, ou seja, fizeram seu talento brilhar. E, portanto, são sim insubstituíveis.

Cada ser humano tem sua contribuição a dar e seu talento direcionado para alguma coisa. Está na hora dos líderes das organizações reverem seus conceitos e começarem a pensar em como desenvolver o talento da sua equipe focando no brilho de seus pontos fortes e não utilizando energia em reparar seus 'gaps'.

Ninguém lembra e nem quer saber se Beethoven era surdo, se Picasso era instável, Caymmi preguiçoso, Kennedy egocêntrico, Elvis paranóico...
O que queremos é sentir o prazer produzido pelas sinfonias, obras de arte, discursos memoráveis e melodias inesquecíveis, resultado de seus talentos.

Cabe aos líderes de sua organização mudar o olhar sobre a equipe e voltar seus esforços em descobrir os pontos fortes de cada membro. Fazer brilhar o talento de cada um em prol do sucesso de seu projeto.

Se seu gerente/coordenador, ainda está focado em 'melhorar as fraquezas' de sua equipe corre o risco de ser aquele tipo de líder que barraria Garrincha por ter as pernas tortas, Albert Einstein por ter notas baixas na escola, Beethoven por ser surdo. E na gestão dele o mundo teria perdido todos esses talentos.

Portanto nunca esqueça: Você é um talento único... com toda certeza ninguém te substituirá!

"Sou um só, mas ainda assim sou um. Não posso fazer tudo, mas posso fazer alguma coisa. Por não poder fazer tudo, não me recusarei a fazer o pouco que posso.

O que eu faço é uma gota no meio de um oceano, mas sem ela o oceano será menor."

terça-feira, 18 de agosto de 2009

ACHEGUE-SE A JESUS

“E, chegando-vos para ele, a pedra viva, reprovada, na verdade, pelos homens, mas para com Deus eleita e preciosa” (1 Pedro 2.4).

Quem se abriga sob as asas do Onipotente encontra-se seguro (Salmo 91.4) e, com isso, só tem a ganhar, pois, na mesma proporção em que se achega a Deus, O Altíssimo Se achega a ele. Porém, perdem muito aqueles que vivem longe do Todo-Poderoso, afinal, quem se afasta dEle se aproxima do maligno.

A pessoa mais enganada por Satanás não é aquela que ainda não ouviu a Mensagem do Evangelho, mas, sim, a que, tendo conhecimento da vontade de Deus, não se esforça para viver na presença do Senhor. Ler a Bíblia de forma relaxada e sem assiduidade, deixar de orar em todo o tempo e ausentar-se dos cultos são meios pelos quais o diabo impede que os filhos do Senhor cresçam na fé e sejam protegidos por Deus.

Quanto mais o homem se afasta da Luz, que é Jesus (João 8.12), mais perto fica das trevas. Já quem vive em comunhão com os Céus – sempre orando e buscando a face divina – abriga-se nas asas do Altíssimo, onde o maligno não pode tocá-lo. É muito fácil e bom estarmos pertos do Senhor, afinal, junto dEle, temos proteção, graça e misericórdia. No entanto, o maligno fará de tudo para que nos afastemos de Deus.

Um bom pai gosta quando o filho o procura e quer estar ao seu lado. Da mesma forma, os amigos também têm prazer de desfrutar de mútua companhia. No entanto, ter a companhia do Pai celeste deve ser o maior propósito de todos nós – e é preciso que nos esforcemos para nos aproximarmos do Senhor, pois, assim, estaremos sempre protegidos e seremos abençoados.

O homem é quem decide se terá ou não Deus ao seu lado. Se estiver na Luz, alcançará a salvação. Inclusive, a Palavra declara que só há um Caminho que o leva aos Céus (João 14.6). Porém, se ele se desviar, tomará o rumo que o conduzirá à perdição e às trevas. Então, meu irmão, não queira estar perto daquele que, um dia, será lançado no lago que arderá com fogo e enxofre por toda a eternidade (Apocalipse 20.10-15). A cada passo que você der em direção ao Senhor, Ele também dará outro em sua direção.

Não existe uma pessoa que tenha sido prejudicada por buscar a presença divina. Ao contrário, no Senhor, há plenitude de alegria (Salmo 16.11 – ARA). Aliás, são tantas as bênçãos que esperam por quem se achega ao Senhor, que não vale a pena ficar longe dEle. Portanto, tenha como alvo em sua vida estar cada dia mais perto do Seu Criador e Salvador, pois Ele tem muito mais para você do que a sua alma já imaginou (Efésios 3.20).

Em Cristo, com amor,

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

AS PAREDES DOS VAGÕES


David H. Roper

Certo dia, tomei café da manhã com um homem que vendeu jornais e
engraxava sapatos, a 60 anos atrás, nas ruas de uma cidade de Idaho,
nos Estados Unidos. Ele me contou sobre a sua vida naqueles dias, e
como as coisas haviam mudado.

Eu lhe perguntei: "O que mais mudou desde então?" Ele disse: "As
pessoas, elas não se importam mais umas com as outras."

Como exemplo, ele contou-me sobre a sua mãe, que muitas vezes deu
comida a homens que vinham à sua casa. Cada dia, ela preparava comida
para a sua família e então fazia diversas refeições a mais porque
sabia que viajantes sem nenhum lar iriam aparecer na hora das
refeições. Ela tinha uma profunda compaixão por aqueles em
necessidade. Certa vez, ela perguntou a um homem como ele encontrou o
caminho até a sua porta. Ele disse-lhe: "O seu endereço está escrito
em todas as paredes dos vagões de trem."

Eu quisera que esse tipo de elogio pudesse ser dito de todos nós.
Alimentando as multidões, Jesus nos deu um exemplo do que significa
importar-se com as necessidades físicas e espirituais dos outros
(Bíblia, livro de Marcos, capítulo 8 versos 1 a 9).

Seria maravilhoso se os nossos lares fosses conhecidos como lugares
onde as pessoas famintas pudessem encontrar pão. Mas, mais do que
isto, precisamos pedir a Deus para que os nossos lares sejam
conhecidos como lugares onde homens, mulheres e crianças
espiritualmente famintos sejam amados, ouvidos, e recebam o Pão da
Vida.

domingo, 16 de agosto de 2009

ORE E CONFESSE

“E orei ao SENHOR, meu Deus, e confessei, e disse: Ah! Senhor! Deus grande e tremendo, que guardas o concerto e a misericórdia para com os que te amam e guardam os teus mandamentos” (Daniel 9.4).

Ao sentir o pecado e a maldade que os filhos de Israel cometeram, o profeta Daniel assumiu diante do Altíssimo o dever de confessar o quanto eles estavam errados e pedir-Lhe misericórdia. Então, ele foi atendido, pois cumpriu uma orientação da Palavra, a qual diz que é preciso fechar a brecha entre o perdido e Deus (Ezequiel 22.30).

Hoje, o Pai celeste quer o mesmo de nós: Ele chama pessoas para se interporem entre Ele e a família ou nação. Quando alguém sente a direção divina para um ministério tão específico quanto, por exemplo, o de Daniel, é preciso preparar-se para, em vez de carregar os fardos, lançá-los sobre o Senhor (1 Pedro 5.7). Aliás, não temos estrutura para estarmos ansiosos e levarmos o peso da nossa vida, quanto menos o de nossa família e o da nação.

É preciso que você tape as brechas que, porventura, existam, mas sem carregar fardo algum. Em qualquer situação, ore, pois a oração é ouvida quando se confessa até mesmo aquilo que está em oculto – e essa confissão deve estar firmada na Palavra. Independentemente da missão que lhe for dada, clame, porque essa é a única maneira de fazer a vontade divina: falando com Deus sobre o que Ele disse ao seu coração. Daniel agiu dessa forma, e o Altíssimo o ouviu.

Só o Senhor sabe conduzir o seu viver. Então, quando você Lhe dá a direção completa da obra que Ele quer fazer em sua vida ou por meio dela, você O alegra. Ao orar, não esconda nenhum segredo. Pode até falar da virtude de alguém, no entanto, o mais importante é confessar o erro da pessoa ou do grupo pelo qual esteja orando, além de citar o que a Sagrada Escritura declara sobre tal assunto. Toda Palavra que lhe é enviada tem a missão de cumprir o propósito do Senhor; Ela traz consigo o poder necessário para realizar o querer de Deus.

Jesus disse que não aceita a glória que vem do homem (João 5.41). O Espírito de Deus é quem deve movê-lo a fazer algo. Então, quanto tocado pelo Santo Espírito, você confessa o que o Todo-Poderoso diz sobre determinado assunto, e o poder dEle age em seu favor. Já quem despreza a autoridade divina assina a nota da derrota.

Daniel iniciou sua oração declarando o que a Escritura afirma sobre o que o Senhor é para quem nEle confia. O profeta intercedeu de forma tão correta, que recebeu do Altíssimo as instruções sobre o futuro do seu povo. Se você também agir desse modo – orar sobre o que a Palavra fala ao seu coração –, receberá a resposta. Confie em Deus, pois Ele cumpre o que promete!

Em Cristo, com amor,

sábado, 15 de agosto de 2009

A despedida



Artur da Távola

Nunca se sabe onde está uma despedida. Até no afã do até logo pode esconder-se um nunca mais. Na frase infeliz, na simples conversa, algo pode estar morrendo, do amor ou da amizade.

Há despedidas que não são patentes. Não se lhes percebe o estalo do afastamento, que pode estar no instante de mau humor, na resposta infeliz, na alegria que não se repete ou na palavra que deixamos de dar e receber. Às vezes, está na palavra que dizemos.

Nem sempre as pessoas se separam: esgarçam-se às vezes. Viver esgarça. É algo que se afasta sem romper completamente. Também no que esgarça pode haver despedida pois, embora não haja perda de matéria, nunca mais será como antes.

Despedir-se é sutil, nem sempre aparece. Seres em mutação, vivemos a mudar sem saber. Na mudança, transforma-se em recordação o que antes era união e vontade, amizade ou convivência. Tudo faz-se retrato, álbum, caderno, poema, carta, saudade ou memória. A despedida não é por querer: acontece a despeito. Um simples "até já" pode conter inimagináveis nuncas. Ou sempres.

Maravilhosa e cruel a vida! Tudo pode acontecer. As ligações, salvo poucas, fazem-se precárias e falíveis. Nosso destino é preso a acontecimentos semicontroláveis. Ou impulsos, cansaços, e as discordâncias, são imprevisíveis. E geram despedidas antes insuperáveis.

Ninguém sabe de quem se afastará. Nem quais as amizades e amores de toda a vida, nada obstante existam. Raros captam a dor que estala em cada hipótese de despedida. Separar-se contém sempre a hipótese da despedida. Por isso, uma dor sempre se infiltra em cada afastamento. Algo se assusta, escondido em tudo o que se separa. Ainda que para ir ali pertinho e logo voltar.

Quem viaja ameaça a despedida. "Partir é morrer um pouco". Dizem os franceses, e com razão. Ainda que para encontrar-se depois, quem parte arrisca despedidas. Por isso, a emoção subjacente percorre-lhe o mistério e a "região das certezas absolutas".

As grandes despedidas dão-se - contudo - sem que o percebamos. As que sabemos e sofremos não são despedidas completas, pois a saudade e a memória hão de trazer de volta o sentimento genuíno que agora causa dor. As grandes despedidas infiltram-se no cotidiano e nos atos corriqueiros de cada dia sem ser percebidas. Muitos anos depois, vamos verificar que disfarçado em dia-a-dia ali estavam e estalavam saudades antecipadas, vários nuncas dos quais jamais suspeitamos. Nunca se sabe onde está uma despedida.

A não ser muito depois.

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

A VANTAGEM DE SER JUSTO

“Porque o cetro da impiedade não permanecerá sobre a sorte dos justos, para que o justo não estenda as mãos à iniquidade” (Salmo 125.3).

O cetro da impiedade não domina aqueles que estão debaixo da Aliança do Senhor, porque eles são guiados pelo Espírito Santo. Então, a sorte dos filhos de Deus está livre da ação maligna, por isso, não devem estender a mão à iniquidade, mas precisam estendê-la para fazer algo apenas sobre o que Deus lhes dá.

O governo do inimigo não tem atuação sobre nós, que já recebemos Jesus como Senhor e Salvador. Somos povo de Deus e estamos em outra amplitude espiritual. Sobre nós reina o poder celestial, porque a Verdade nos libertou das artimanhas malignas. Sendo do Senhor Jesus, estamos, para sempre, livres dos clamores do inferno. Verdadeiramente, somos libertos das influências satânicas e nada, absolutamente nada, de mal nos pode atingir.

Os cidadãos do Reino celestial são governados pelo Espírito de Deus, e esse governo se dá pela Palavra. Para quem ainda não se converteu, o Livro de Deus não tem a mesma importância que para nós. NEle, somos orientados, guardados e dirigidos. No entendimento que recebemos ao ler a Palavra, percebemos que o Senhor reina sobre a nossa vida. A simples leitura ou audição da Bíblia nos traz paz ao coração, força para lutar e direção.

A nossa sorte está livre das ações do inimigo. Estamos livres! A autoridade do inimigo não nos pode tocar, pois já não lhe somos mais sujeitos. O Senhor nos colocou em um patamar espiritual onde o inimigo não nos consegue atingir. Ele pode tentar, mas jamais conseguirá tocar em nós. Estamos isentos de toda influência do mal!

Em sua obra de tentar, o maligno se mostra como o tal e se esforça para que acreditemos que não temos condições de vencer. Não se submeta às mentiras dele. A Palavra do Senhor declara que você é uma bênção, e isso basta. Já ao que o diabo anda espalhando a seu respeito, ao quadro sombrio que ele pinta sobre o que lhe pode acontecer, não dê a menor atenção. Ele é mentiroso (João 8.44), e tudo o que fala não tem a menor possibilidade de se realizar, a menos que você empreste a ele sua fé e faça o mal tornar-se real.

Temos de estender a mão para conseguir as coisas, contudo, nunca para fazer a impiedade. Somente as estenda ao Senhor Deus, para que ela realize a vontade dEle e recolha o que Ele lhe tem dado. A pessoa que nasce de novo é feita herdeira de Deus, co-herdeira com Jesus e, por isso, não precisa ficar desesperada para obter aquilo de que necessita. Basta orar e crer, a fim de que o poder de Deus atue em seu favor. Agora mesmo, veja o que você precisa e, destemidamente, entre na presença do Senhor determinando seu suprimento!

Em Cristo, com amor,

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

DE UM SER SUPERIOR PARA VOCÊ

"Buscai primeiro o Reino de Deus, e todas as demais coisas lhe serão
acrescentadas!"

Para: Você
Data: Hoje
De : DEUS
Assunto: Você
Referência: A vida

Olá, eu sou Deus. Hoje eu estarei cuidando de todos os seus problemas para
você. Eu não precisarei da sua ajuda. Assim sendo, tenha um ótimo dia.
Amo você.

P.S.: E lembre-se...
Se a vida te trouxer uma situação que você não consegue lidar, não tente
resolvê-la por você mesmo(a)! Gentilmente, coloque na caixa APDF (Algo Para
Deus fazer). Eu pegarei e colocarei dentro do MEU TEMPO. Todas as situações
serão resolvidas, mas em MEU TEMPO, não no seu.
Assim que esta situação for colocada nesta caixa, não se preocupe mais com
ela. Em vez disso, foque em todas as coisas maravilhosas que estão presentes
hoje em sua vida.

Você poderia enviar isto para um(a) amigo(a)? Ficaria grato! Não posso
interferir em algo que dei de presente à humaninade.. algo chamado LIVRE
ARBÍTRIO, mas ficaria realmente muito feliz se pudesse passar esta mensagem
adiante.. Você não faz idéia de como esta mensagem pode tocar vidas!
Agora vou indo. Novamente, tenha um ótimo dia!
DEUS

Deus tem visto suas lutas.
Deus diz: elas estão chegando ao fim!

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

O PODER QUE TEMOS

“Em verdade vos digo que tudo o que ligardes na terra será ligado no céu, e tudo o que desligardes na terra será desligado no céu” (Mateus 18.18).

Temos certos privilégios que só vêm com o reconhecimento da nossa decisão, por isso, precisamos saber o que nos pertence no Senhor. Somos todos iguais, portanto, podemos ousar determinar, porque não há limites para ligar e desligar.

É ilimitado o que possuímos no Senhor. Nem de tudo desfrutaremos enquanto estivermos na terra, mas, na eternidade, haveremos de usufruir de tudo aquilo que o nosso Pai fez e colocou à nossa disposição. Lá, iremos conhecê-lO assim como dEle somos conhecidos (1 Coríntios 13.12), e aquilo que o ouvido nunca ouviu, os olhos nunca viram, e a mente nunca imaginou é o que Ele tem guardado para nós (1 Coríntios 2.9).

Em nossa caminhada neste mundo, temos o privilégio de ligar o que quisemos aqui na terra, e o mesmo será ligado nos Céus. O quorum mínimo é encontrar alguém que creia como nós e esteja disposto a entrar em acordo (Mateus 18.19). Podemos ligar, atar, amarrar, como se faz com um animal, ou desligar. Agora, não podemos esquecer que, sem Jesus, nada poderemos fazer. A direção para os nossos atos deve vir dEle. O Senhor é quem deve nos dar o impulso, e o que formos realizar devemos fazê-lo de todo coração em Seu Nome (Colossenses 3.23).

A decisão deve ser tomada após sabermos a vontade de Deus sobre aquele assunto e para aquele momento. Ao determinarmos algo, devemos ficar firmes. Além da fé, faz-se necessário perseverar. Somente os que persistem até o fim conseguem a operação do poder de Deus. As palavras pronunciadas pelo profeta Daniel fizeram o anjo do Senhor chegar a ele, trazendo a resposta, após 21 dias (Daniel 10).

Ninguém deve acrescentar limites à fé. Se a sua for até a extensão do que deseja ligar ou desligar, então, será aquilo que você conseguirá. Não podemos caminhar além dela nem andar aquém da medida de fé que nos foi outorgada. Jesus foi claro ao dizer que tudo o que ligarmos ou desligarmos aqui na terra é o que teremos. Estando ao lado do Senhor, desde que Ele nos tenha dado a fé, não haverá limites para a nossa atuação.

Não há diferença entre os que serviram ao Senhor no passado e nós. Eles seguiram a fé e, por isso, conseguiram fazer proezas. Hoje, quem fizer o mesmo obterá sucesso. O Senhor não faz acepção de pessoas (Romanos 2.11), e, sem dúvida, nos dias atuais, podemos ser tão usados quanto Elias, Abraão, Davi e tantos outros. Até mesmo os milagres que Jesus realizou podem ocorrer hoje. Por isso, ouse tomar posse de tudo o que a Palavra declara ser seu e do que você pode fazer. Deus honra o que Seus lábios proferiram.

Em Cristo, com amor,

terça-feira, 11 de agosto de 2009

ORA



Quando não entenderes o porquê de tudo isso,
Quando não compreenderes como foi que a situação chegou a esse ponto,
Quando te desesperares da própria vida em função do sofrimento,
Ora.

Quando teu pai abandonar-te, sem dar-te chance de explicar,
Quando tua mãe não tiver misericórdia, julgando-te sem compaixão,
Quando tua esposa acusar-te injustamente, sem que tu sejas culpado,
Ora.

Quando teu marido não mais amar-te,
Quando teus filhos de tua casa forem embora,
Quando teus amigos, sem saber, julgarem-te sem que sejas culpada,
Ora.

Quando tua luta estiver tão grande,
Quando o desespero envolver teu pranto,
Quando a amargura colorir teu rosto,
Quando a solidão tornar-te teu manto,
Ora.

A oração é o começo, ela é o fim também,
Quando não conseguires cantar porque não sentes,
Ou não conseguires ler, porque não podes,
Nada poderá impedir-te de orar ao teu Pai bendito.

Ele, com fidelidade,
Jamais te abandonou;
Mesmo no desespero do teu andar solitário

Ele ao teu lado continuou.
Mesmo quando desististe de ti próprio, Ele não descartou-te

E foi contigo, passo a passo, a guiar-te, a assistir-te.

"Não entendes isto agora" disse Ele,

"Entenderás depois"

Se por erros cometidos, ora e pede perdão.
Se por mágoas infinitas, ora e abandona-as para sempre.
Se por dúvidas sem nexo, ora e esquece-as.
Se por dívidas sem fim, ora e paga-as.
Se por recursos que não tens, ora e pede-os

Se por trabalho que te falta, ora e procura-o

A oração é o remédio,

ela é também consolo.
A oração consegue ir

onde a dor, a mágoa e o grito não vão.

Grita bem alto e não serás ouvido;
Ora baixinho e o Senhor te escutará.

E quando menos perceberes
Teu problema terá ido,
Teu coração estará tranqüilo
E tua mente bem clareada.

Porque quando tu oras ao teu Pai
Ele toma teu fardo para Si
Retira a dor e o peso dos problemas
E devolve-te o fardo leve e suave,

repleto de flocos de esperança

E sementes de felicidade.

Se nunca experimentaste depender só de Deus,
Aproveita tua dor
Aproveita o desespero
E ora.

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

ESTACAS MENTAIS

Uma caravana de camelos atravessava o deserto.

Chegou à hora do descanso e o cameleiro preparava-se como habitualmente para prender os camelos às estacas quando verificou que faltava uma estaca .

Não sabendo como resolver o problema, perguntou ao mestre da caravana:

- Mestre, falta-me uma estaca para um camelo. Como fazer?
- Não tenhas problema. Eles estão tão habituados a ficar preso que se tu fingires que o atas com a corda, ele pensará que está preso e nem sequer tentará sair do sitio.

O cameleiro assim fez e o camelo ali ficou toda à noite.

No dia seguinte quando se preparavam para partir esse camelo simplesmente recusou-se a sair do sítio, mesmo quando o cameleiro o puxava com toda a força. Sem saber que atitude tomar, dirigiu-se de novo ao mestre contando-lhe o sucedido.

- Homem, respondeu-lhe o mestre. Que fizeste ontem? Não fingiste que o ataste à estaca? Então faz o mesmo hoje. Finge que o desamarras. O camelo, mal o cameleiro fingiu que o desatava da estaca imaginária, recomeçou a caminhada.

Muitas vezes não avançamos devido às nossas "estacas mentais".
É o desconforto da acomodação.

NÃO CARREGUE MAIS CARROÇA

Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus; serei exaltado entre os gentios;
serei exaltado sobre a terra**” Salmos 46:10*
Em 1990 havia um cavalo pangaré chamado Mumu dos Anjos que era usado por um
desses catadores de papelão para puxar carroça.
Mumu era visto subindo e descendo o morro da Favela no RJ carregando o
pesado e ingrato fardo de coisas velhas e papelão usado. Comendo mato e
pedaços de velhas espigas de milhos ou sobras que lhe davam.

Esta era a vida de Mumu e o seu destino parecia terminar assim, até que seu
dono decidiu vende-lo para pegar um dinheirinho.

Naquela na região havia um senhor que queria comprar um cavalo para dar à
sua filha adolescente que estava aprendendo a cavalgar, por esta
razão nada melhor que usar um pangaré.

Aconteceu que o pai desta menina tinha outro cavalo (só que de raça) e
estava participando de um torneio na Hípica do Rio de Janeiro.

No dia anterior à competição o cavalo de raça se machucou e ficou impedido
de participar do torneio.A solução para manter-se inscrito era usar outro
cavalo foi então que colocaram o pangaré Mumu, somente para manter o nome da
equipe inscrita.

Desengonçado, sem sangue Árabe, sem treinamento, sem pedigree e sem
história, Mumu era um daqueles que ninguém acreditava, nem sequer apostava.

Bom a surpresa veio!!

Mumu viu e entendeu que a vida lhe estava abrindo uma porta, e correu,
correu, correu como nunca. Bom ele ganhou. Ninguém acreditou.

Anos depois o preço de Mumu estava por volta de Meio Milhão de Dólares,
passando a ser transportado de avião, comendo ração importada, e sendo
tratado como um rei. Obviamente continua correndo!!!

A historia deste deste pangaré é verdadeira e foi publicada no Jornal Gazeta
Mercantil em 1990 . Assim como Mumu ,eu ,você e muitos outros não tivemos
uma família rica, educação de primeira, viagens internacionais , alimentação
balanceada ou outro tipo de preparo.

Isto as vezes se torna um peso para muitas pessoas que não lutam por acharem
que não são competitivas.

No entanto veja que a vida de Mumu mudou a partir do dia que ele teve uma
oportunidade e entendeu que precisava correr, para não continuar naquela
mísera situação. Apesar de ter uma aparência de que nunca chegaria lá, ele
mostrou ser possivel

Amigo de Deus, não importa sua idade , está na hora de largar a carroça,
deixar para trás os sentimentos de eu não consigo, sou pobre, sou feio, sou
sozinho, ninguém me ajuda, não tenho sorte etc.

É hora de acordar e saber que lá fora tem uma corrida acontecendo.

Se as coisas não acontecem na vida profissional e você não é realizado, ao
invés de reclamar das bagas de milho que possa estar comendo, procure ver
aquilo que está faltando.

Quem sabe você não tem feito a coisa da forma certa, um currículo mal
elaborado, é muito ansioso nas entrevistas , fala demais, não sabe ouvir,
não é confiável no trabalho, falta muito, chega sempre atrasado, vive
dizendo pequenas mentirinhas, não tem educação para falar com as pessoas ou
é do tipo pavio curto?

Quem sabe falta aquele - Muito obrigado - Com licença -Por favor - Me
desculpe, ou ainda um sorriso. De repente um simples sorriso muda tudo e
abre muitas portas. Um Coração alegre aformoseia o rosto, portanto deixe de
ser zangão.

Lembre-se que antes de querer ser Divino é necessário ser mais Humano.

Talvez o problema seja simplesmente que você tenha que voltar a escola
terminar o ginásio, colégio, a faculdade, uma Pós Graduação ou quem sabe
aquele curso de Modelagem, Costura Industrial, Telemarketing, Idiomas.

Existem muitos cursos de ótima qualidade e que são gratuitos oferecidos
pelas Sindicatos ,Prefeitura, Associações Comunidade e Igrejas, corra!!

Busque nos jornais de Domingo, consulte na Internet, pergunte às pessoas que
você conhece, e finalmente espalhe que você quer correr atrás de algo que
lhe falta. Certamente alguém será usado para lhe abrir a porta da
oportunidade.

Quando isto acontecer e seu nome for chamado, Levante e Corra .

Mais corra, corra, corra muito mesmo, pois esta pode ser a sua única chance
de largar a Carroça!!!

domingo, 9 de agosto de 2009

Pedi, e dar-se-vos-á; buscai e achareis; batei, e abrir-se-vos-á. -- Mateus 7:7

PENSAMENTO:
Deus quer que nós busquemos as bênçãos dele. Não porque ele
quer nos manipular, mas porque ele anseia nos abençoar e para que
saibamos que os dons nas nossas vidas vêm dEle. Então, vamos
buscar Sua presença , Sua graça e Sua bênção .
ORAÇÃO:
Querido Pai, preciso da sua bênção e direção. Por favor,
abençoe-me em várias áreas que pesam no meu coração (compartilhe
com Deus algumas coisas que você tem no seu coração). Além disso,
querido Pai, preciso da Sua sabedoria nas seguintes questões...
Finalmente, querido Deus, por favor faça a Sua presença na minha
vida bem clara para mim esta semana. Não duvido do seu amor por
mim, mas realmente preciso da segurança da sua proximidade ao
enfrentar os desafios que estão diante de mim agora. No nome de
Jesus eu oro. Amém.

sábado, 8 de agosto de 2009

Um dia um bezerro precisou atravessar uma floresta virgem para voltar ao seu pasto.

Sendo um animal irracional, abriu uma tortuosa trilha, cheia de curvas, subindo e descendo colinas...

No dia seguinte, outro animal que passava por ali, usou a mesma trilha torta para atravessar a floresta.

Depois foi a vez do carneiro, líder de um rebanho, que fez seus companheiros seguirem pela trilha torta.

Mais tarde, os homens começaram a usar esse caminho: entravam e saiam, viravam à direita, à esquerda, reclamando (até com um pouco de razão...) mas não faziam nada para mudar a trilha.

Depois de tanto uso, a trilha acabou virando estradinha onde os pobres animais se cansavam sob cargas pesadas, sendo obrigados a percorrer em 3 horas a distância que poderia ser vencida em no máximo, uma hora...

Muitos anos se passaram e a estradinha tornou-se a rua principal de um vilarejo. Posteriormente, a avenida principal da cidade.
Logo a avenida transformou-se no centro de uma grande metrópole e por ela passaram a transitar diariamente milhares de pessoas, seguindo a mesma trilha torta feita pelo bezerro, centenas de anos antes.

Os homens têm a tendência de seguir, como cegos, por trilhas feitas por outros, muitas vezes inexperientes, e se esforçam a repetir o que os outros já fizeram.
E a velha floresta, do alto de sua sabedoria, ria daquelas pessoas que percorriam a trilha como se fosse um único caminho... Sem se atrever a mudá-lo.

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

PALAVRA FIEL

“Esta palavra é fiel e digna de toda a aceitação” (1 Timóteo 4.9).

Assim é a Palavra de Deus. Não despreze, mas creia em tudo o que Ela declara, porque Deus é a Palavra. Ela traz o poder do Senhor para a nossa vida. Daremos conta do que fizemos ou deixamos de fazer com Ela.

A Palavra de Deus é como o Senhor – fiel –, pois cumpre o que Lhe é ordenado; porém, a nossa incredulidade A impede de operar. Tudo o que na pregação ou na leitura bíblica saltar-lhe aos olhos e você entender, aquilo é o que o Senhor deseja para sua vida. Quem cumpre a ordem de Deus descobre quão fácil e produtivo é crer no que Ele afirma.

Comete um grande erro a pessoa que não dá a devida atenção ao que lhe é revelado nas Escrituras. Pense bem: Deus, apesar de grande, excelso, sublime, soberano em tudo, olha para nós e nos mostra o que há de melhor, e, muitas vezes, deixamos isso de lado simplesmente. Se Ele nos proíbe algo, não devemos sequer cogitar sobre o porquê de tal proibição. Se nos ordena a realizar alguma coisa, se tivermos juízo, não devemos pensar duas vezes, mas, sim, pedir o poder necessário para pôr mãos à obra.

Nós somos o que falamos. Quem não honra o que diz não merece crédito. Imagine se Deus não cumprisse uma só das Suas promessas, o que Ele seria? No entanto, que bom saber que Ele é fiel cumpridor do que promete. O Altíssimo é exatamente o que Sua Palavra anuncia. Cada entendimento que temos da vontade divina é como um retrato dEle. Então, nunca devemos cair no erro de desprezar o que o Pai nos fala. Ele Se mostra misericordioso conosco ao nos revelar o caminho a seguir, quando nos dá Seus mandamentos e promessas. Deixar de acatar suas orientações é assinar a carta de derrota.

Dentro de cada palavra que Deus lhe envia há o poder necessário para a realização da vontade dEle. É preciso crer no que Ele declara e dar a sua ordem, em Nome de Jesus, para que, então, o poder de Deus execute o prometido.

No Grande Dia, os 66 livros serão abertos, e nós seremos julgados pelo que está escrito neles. Ninguém poderá alegar desconhecimento dos desígnios do Pai. Aquilo que você entendeu quando fazia a leitura bíblica ou escutava a pregação será o que Deus usará para absolvê-lo ou condená-lo. A maior estupidez que alguém pode cometer é deixar de dar atenção ao que o Senhor orienta. Quem seguir a voz de Deus será recompensado na proporção que fez o que lhe foi revelado. Seja sábio!

Em Cristo, com amor,


quinta-feira, 6 de agosto de 2009

TOME POSSE DA GRAÇA DE DEUS

Mário aprendeu o segredo de "tomar posse das graças de Deus” então ele chamava a atenção de um grupo grande
de crianças que estava se tornando incontrolável.

À beira de perder toda a sua calma, ele pediu a Deus dizendo de todo coração: "Dá-me tua paciência, Senhor!"
Imediatamente toda a raiva e aborrecimento desapareceram.

Daquele dia em diante ele usou a mesma fórmula para todas as situações difíceis.

Quando ele se sentia só, ele dizia a Deus:"Dá-me tua companhia, Senhor!”

Quando ele sentia medo pedia: "Dá-me tua paz, Senhor!"

Quando ele sentia que estava criticando aos outros em demasia, pedia:

“Dá-me Teu amor, Senhor!"

E Ele encontrou no Salvador, resposta a todas as suas necessidades quando se apropriou, pela fé, de todas as
promessas de Deus!

Eii e nós onde estamos buscando as soluções para as dificuldades que enfrentamos em nossas vidas?

Em quem temos confiado quando os nossos esforços parecem inúteis diante dos grandes problemas?

Insistimos nos mesmos erros até que as decepções ou os fracassos nos derrubem ou temos buscado novas alternativas de
conquistas? E Deus, tem estado presente nessa busca?

Mas hoje queridos filhinhos... Hoje é o diaaaa... TOMEEEE POSSE DA GRAÇA DE DEUS!!!!!!!!!!!!!!!!!

domingo, 2 de agosto de 2009

Um Novo Amanhecer

Charles Swindoll, no livro “As Trevas e o Amanhecer”, conta a história de um velho chamado Ed, que todas as sextas feiras, com um balde cheio de camarão, sempre no final da tarde, antes do sol se pôr, caminha até o píer e senta-se na beira do ancoradouro do cais. Logo o velho Ed não estará mais sozinho, pois começam a descer dos céus dezenas de gaivotas em direção ao píer onde Ed está sentado, e logo ele está envolto pelas asas das gaivotas e por seus gritos. O velho Ed começa então, a jogar para os pássaros os camarões e se você se aproximar do velho Ed neste momento pode ouvir claramente ele dizer: Obrigado! Obrigado!

O nome deste senhor é Eddie Rickenbacker, herói da segunda guerra, nos EUA. Conta Swindoll, que em uma das suas missões, voando sobre o Pacífico, seu avião caiu no mar. Milagrosamente, os sete tripulantes sobreviveram e conseguiram sair do avião entrando num bote salva vidas. No oitavo dia a reserva de comida acabou. Eles não tinham comida, nem água; estavam a centenas de kilometros de distância da terra, sem comunicação, ou seja, só um milagre poderia salvá-los.

Naquela tarde, ele e os outros tripulantes, se reuniram para orar e pediram um milagre a Deus. Como estavam todos cansados eles logo dormiram. O velho Ed havia posto o quepe sobre a cabeça para proteger-se do sol e foi acordado com algo pousando sobre a sua cabeça. Notou que era uma gaivota. Numa ação rápida, ele pegou a gaivota e torceu seu pescoço e a matou.

Ele arrancou as penas e a tripulação faminta, pode saciar a sua fome. Com o que restou da ave, eles improvisaram iscas e pegaram peixes e fizeram mais iscas e pegaram mais peixes e mataram a fome e sobreviveram até serem encontrados e resgatados.

Eddie viveu muitos anos, mas nunca se esqueceu desta marcante experiência. Todas as vezes que ele vai até o píer nas sextas feiras à tarde e joga camarão para as gaivotas, ele repete sua gratidão: Obrigado! Obrigado! Obrigado! Relembrando o sacrifício daquela primeira gaivota salva-vida.

A nossa Páscoa é parecida com a história de Ed. Naquela manhã de domingo, um milagre aconteceu, o impossível tornou-se possível; o irreversível tornou-se reversível; a morte foi derrotada pela vida; o diabo já não teria poder sobre a vida dos homens que confessam sua fé em Jesus Cristo, e este ressurreto.

Um Novo Amanhecer surgiu – Jesus Cristo, o Filho de Deus, vivo, trouxe novamente esperança aos corações humanos, carentes das graça de Deus, ansiosos por sua justiça e necessitados de uma vida em comunhão com o Pai.

Naquele domingo a verdadeira Páscoa nasceu. A libertação das almas humanas do pecado e a reconciliação com Deus estava feita. Nascia o tempo da graça. Morria o tempo da lei. A lei, justa em si mesmo, serviria para indicar o caminho para graça, Jesus Cristo.

A graça seria o manifestar da presença de Deus no mundo, através dos seus Filhos. Como Maria Madalena, nós teríamos que viver a proclamar; “Eu Vi o Senhor”. Como os apóstolos, nós deveríamos correr o mundo a pregar a ressurreição de Cristo como forma de reconciliação de Deus com o mundo. Como Ed, nós deveríamos dizer todos os dias: obrigado, obrigado, obrigado!

sábado, 1 de agosto de 2009

Um Amor Incondicional

Se existe uma grande verdade em nosso relacionamento com Deus, é que Ele não fica chocado quando caímos. Ele não fica mais chocado do que um pai ao ver seu filhinho tropeçar e cair, ou se meter numa enrascada difícil de sair. Porém, em nenhum momento, o seu amor vai ser menor pelo fato de termos caído.

Por mais frequentes e difíceis que sejam as nossas quedas, elas nunca serão barreiras para o seu amor, porque não haverá nada que possa nos afastar d’Ele. Porém, acreditar nesta verdade parece ser algo bastante difícil para nós.

Quando caímos em algum erro parece ser mais difícil pedir a misericórdia de Deus, não por não acreditarmos nela, mas pela revolta de termos errado. Esquecemos que o amor do Senhor é incondicional, mas achamos que se usarmos uma máscara de perfeição, Ele nos amará mais. Ledo engano!

Queremos nos esconder atrás de alguma aparência que julgamos mais agradável, pois queremos passar uma imagem de bons mocinhos, inclusive para Deus. Esquecemos que Ele tudo vê, tudo sabe e, melhor, nos ama apesar de toda esta falsa aparência de perfeição.

Davi foi um dos homens mais pecadores da bíblia, porém foi considerado o homem segundo o coração de Deus. Ele sabia que a sua misericórdia só viria do Senhor e mais do que isso, ele conhecia a sua própria condição: “Pois eu conheço bem os meus erros, e o meu pecado está sempre diante de mim”. Apesar de reconhecer-se pecador, ele não se afastava de Deus, por causa deles, ele corria para perto d’Ele.

Deus nos pede que saíamos de nossos esconderijos, pede que retiremos as nossas fantasias e as máscaras, pois Ele nos ama do jeito que nós somos e deseja cuidar de nós.