COMO GANHAR DINHEIRO LENDO EMAIL

Ganhe dinheiro lendo e-mails! Trabalhe lendo e-mails, anúncios e ganhe dinheiro na internet! Cadastre-se agora através do meu convite!
http://www.e-clicky.net/herculano

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Piloto Certo


"Bom Mestre, que hei de fazer para herdar a vida eterna?"
(Marcos 10:17).

Uma grande confusão se estabeleceu em uma linha aérea por ocasião da decolagem de uma de suas aeronaves. Os
passageiros tiveram de esperar por vários minutos pela confirmação de seu vôo. A aeronave não se movia do portão de
embarque e havia uma grande discussão entre a tripulação.

Finalmente um assistente de vôo fez uma declaração: "Parece haver alguma confusão em relação ao destino do vôo. Se você
vai para Omaha, por favor, permaneça acomodado. Se vai para Dallas, por favor, deixe o avião neste momento". De repente
a porta da cabine do piloto foi aberta e o piloto, colocando seu casaco e tirando seu chapéu, disse aos passageiros:
"Desculpe, gente -- eu entrei no avião errado."

A nossa ilustração, uma anedota bem humorada, nos mostra uma grande realidade. Muitas vezes a nossa vida encontra-se em
grande confusão porque embarcamos na aeronave de nossos sonhos, almejando chegar o mais rápido possível no aeroporto
de nossas conquistas, mas esta está entregue ao piloto errado. É claro que, desta forma, não iremos para lugar
algum e as decepções, caso o comandante de nossas vidas não seja trocado, serão muito grandes.

Para alcançarmos as mansões celestiais e desfrutar de uma vida eterna de paz e felicidade, precisamos estar com os
bilhetes adequados ao vôo: verdade, sinceridade, vida de acordo com os ensinos da Palavra de Deus, esperança, fé e
amor ao próximo. De posse desses bilhetes, devemos apresentá-los ao nosso comandante -- Jesus Cristo, que nos
conduzirá em paz e alegria até o nosso destino.

Se você pretende herdar a vida eterna, abra o coração para o Senhor e deixe que Ele seja o piloto de sua vida. Desta
forma, você viajará seguro e não haverá nenhum engano na hora do desembarque.

Pr. Paulo Roberto Barbosa


sábado, 26 de setembro de 2009

CONTINUE SE MOVIMENTANDO!



Não desista no fim do primeiro tempo; concentre-se em ganhar no segundo tempo. Paul "Bear" Bryant

E xistem dois importantes princípios que deveriam governar suas decisões. Primeiro: A direção só acontece quando as coisas estão em movimento. Um carro estacionado não precisa de direção; uma vez, porém, que o motor está em funcionamento e as rodas começando a se mover, só então você poderá e deverá mover o volante na direção que deseja atingir.

Segundo: Ninguém se movimenta sem que primeiramente tome a decisão de se movimentar. Se deixada à merce das circunstâncias e das influências exteriores, certamente que lhe faltará direção. Tudo o que você irá conseguir será um derivar sem propósito ou alvo algum. Essa é a razão de ser tão perigoso evitar tomar decisões vitais. Tentar manter-se seguro é a fórmula segura para o fracasso.

Lembre-se de que o progresso científico vem como resultado de pesquisa; ou seja: muitos erros no processo do acerto. Centenas e centenas de erros e falhas experimentais são necessárias para uma pequena descoberta. Portanto, não tenha medo: continue com a cabeça erguida, olhos voltados para o alto, coração confiante nas promessas de Deus. Prossiga se movimentando, e a vitória certamente será parte integrante da sua história!


Nélio DaSilva

Para Meditação:

O Senhor te guiará continuamente, fartará a tua alma até em lugares áridos e fortificará os teus ossos; serás como um jardim regado e como um manancial cujas águas jamais faltam. Isaías 58:11

--
fonte: www.otimismoemrede.com

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Não insista

Quando tudo não der mais certo e você já tentou todas as alternativas não te desespere.
Deus proverá uma solução. Ele é um Deus fiel e te guardará de todo mal.

Momentos ruins não são eternos. São como tempestades, só duram por algum momento.
Olhe para trás e veja quantas coisas piores você já passou e superou.
Algumas vezes as tribulações acontecem em nossa vida para nos amadurecer. Por tanto se anime.

Quando estiveres triste, olhe para o céu e vê quão grande o é.
Se Deus foi capaz de criar o céu, imagine resolver só seus problemas, que são tão pequenos perto de tão grandiosa obra que é o céu.
Seus problemas não são maiores do que Deus.

Faça como os tri-atletas das olimpíadas, mesmo não conseguindo chegar em primeiro, lutam para chegar ate o fim.
Lute até o fim não desista no meio do caminho.

Se estiveres triste, chore! Alivia a alma.
Já mais deixe que a tristeza tome conta de você.
Jesus fala: “Alegra-te! Tem bom ânimo que sou contigo”.

Busque a Deus de todo o seu coração.
Lembre-se que busca a Deus tem que ser uma busca constante, diária.
Deus tem a solução para todos os seus problemas. Para Deus nada é impossível.
Tenha uma vida de comunhão com Deus.

Tenha amigos, nunca em quantidade, mais em qualidade.
Busque amigos que te acrescente pessoal e espiritualmente.
Se eles não te acrescentarem. Afasta-se!
As más companhias corrompem os bons costumes.

Tenha sonhos! É nos sonhos que Deus age e revela o seu infinito poder.
Nunca deixe de sonhar.



--
Visite: www.otimismoemrede.com

domingo, 20 de setembro de 2009

Construa Seu Futuro



João era um importante empresário.
Morava em um apartamento de cobertura,
na zona nobre da cidade.
Naquele dia, João deu um longo beijo em sua amada
e fez em silêncio a sua oração matinal
de agradecimento a Deus por sua vida,
seu trabalho e suas realizações.

Após tomar café com a esposa e os filhos,
João levou-os ao colégio e se dirigiu a uma de suas empresas.
Chegando lá, cumprimentou com um sorriso os funcionários,
inclusive Dona Teresa, a faxineira.
Tinha ele inúmeros contratos para assinar,
decisões para tomar, reuniões com vários departamentos da empresa,
contatos com fornecedores e clientes,
mas a primeira coisa que disse para sua secretária foi:

"Calma, faça uma coisa de cada vez, sem pressa
Ao chegar a hora do almoço, ele foi para casa curtir a família.
À tarde, tomou conhecimento que o faturamento do mês
superou os objetivos e mandou anunciar
que todos os funcionários teriam
gratificações salariais no mês seguinte".

Apesar da sua calma, ou talvez, por causa dela,
conseguiu resolver tudo que estava agendado para aquele dia.
Como já era sexta-feira, João foi ao supermercado,
voltou para casa, saiu com a família para jantar
e depois foi dar uma palestra para estudantes,
sobre motivação para vencer na vida.



MANOEL

Enquanto isso, no bairro mais pobre de outra capital,
vive Manoel, ou Mané, como era mais conhecido.
Como fazia em todas as sextas-feiras,
Mané foi para o bar jogar sinuca e beber com amigos.
Já chegou lá nervoso, pois estava desempregado.
Um amigo seu tinha lhe oferecido uma vaga
em sua oficina como auxiliar de mecânico, mas ele recusou,
alegando não gostar do tipo de trabalho.
Mané não tinha filhos e estava também sem uma companheira,
pois sua terceira mulher partiu dias antes
dizendo que estava cansada de ser espancada
e de viver com um inútil.
Ele estava morando de favor, num quarto imundo
no porão de uma casa.
Naquele dia, Mané bebeu mais algumas,
jogou, bebeu, jogou e bebeu até o dono do bar
pedir para ele ir embora.
Ele pediu para pendurar a sua conta,
mas seu crédito havia acabado,
então armou uma tremenda confusão
e o dono do bar o colocou pra fora.
Sentado na calçada, Mané chorava pensando
no que havia se tornado sua vida,
quando seu único amigo, o mecânico, apareceu e,
após levá-lo para casa e curando um pouco o porre, perguntou a Mané:

- "Diga-me, por favor, o que fez com que você chegasse
até o fundo do poço desta maneira?"

Mané então desabafou:

- "A minha família...
Meu pai foi um péssimo exemplo.
Ele bebia, batia em minha mãe,
não parava em emprego nenhum.
Tínhamos uma 'vida miserável.
Quando minha mãe morreu doente,
por falta de condições, eu saí de casa,
revoltado com a vida e com o mundo.
Tinha um irmão gêmeo, que também saiu de casa no mesmo dia,
mas foi para um rumo diferente, nunca mais o vi.
Deve estar vivendo desta mesma forma".

ENQUANTO ISSO, na outra capital,
João terminava sua palestra para estudantes.
Já estava se despedindo quando um aluno
ergueu o braço e lhe fez a seguinte pergunta:

- "Diga-me, por favor, o que fez com que o senhor
chegasse até onde está hoje,
um grande empresário e um grande ser humano?"

João emocionado, respondeu:
-"A minha família. Meu pai foi um péssimo exemplo.
Ele bebia, batia em minha mãe, não parava em emprego nenhum,
tínhamos uma vida miserável.
Quando minha mãe morreu, por falta de condições,
eu saí de casa, decidido que não seria aquela
vida que queria para mim e minha futura família.
Tinha um irmão gêmeo, que também saiu de casa no mesmo dia,
mas foi para um rumo diferente, nunca mais o vi.
Deve estar vivendo desta mesma forma".

MORAL DA HISTÓRIA:

O que aconteceu com você até agora,
não é o que vai definir o seu futuro,
e sim a maneira como você vai reagir
a tudo que aconteceu.
Sua vida pode ser diferente,
não se lamente pelo passado,
CONSTRUA VOCÊ MESMO O SEU FUTURO.
Encare tudo como uma lição de vida,
aprenda com seus erros e até mesmo
com o erro dos outros.
O que aconteceu é o menos importante.
O que realmente importa é
o que você vai fazer com o que acontecer.

( desconheço autoria )


--
fonte: www.otimismoemrede.com

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

DÊ O LOUVOR A DEUS


“Pois não conquistaram a terra pela sua espada, nem o seu braço os salvou, e sim a tua destra, e o teu braço, e a luz da tua face, porquanto te agradaste deles” (Salmo 44.3).

Por sermos humanos, somos nulos diante do inimigo, porém, o poder de Deus – com a operação dos Seus anjos e a revelação da Sua Palavra – é a nossa salvação, porque tudo conseguiremos com a ajuda dEle. O Altíssimo ajudou Israel porque Se agradou do Seu povo, e o mesmo Ele pode fazer por nós.

A nossa força age em Nome de Jesus. O Mestre nos deu autorização para usá-lO em qualquer situação, e Suas Palavras afirmam que, se determinarmos em Seu Nome, Ele mesmo o fará (João 14.13,14). Então, o que você está esperando? Não está na hora de dar um basta no seu sofrimento, de exigir que o maligno e tudo o que vem dele desapareçam de sua vida? Ele sairá agora, se você, com fé e determinação, mandá-lo embora.

Precisamos preparar-nos para a vitória, pois, já que somos aceitos na família divina como Seus filhos, jamais perderemos batalha alguma, pois Ele mesmo, que Se tem agradado de nós, irá conduzir-nos em triunfo. Não importa o combate que você tenha de travar, lute com fé e confiança, na certeza de que o Todo-Poderoso irá protegê-lo e dar-lhe sucesso em todas as suas lutas. Quem O tiver ao seu lado pode marchar confiante, pois, sem dúvida, voltará com a conquista.

Não espere sentir-se forte para obter a êxito, pois essa preparação não acontece por meio dos sentimentos, mas pela fé. Agora mesmo, a autoridade de Deus, Seus anjos e a Palavra dEle estão esperando a sua ordem para cumprir o querer do Pai. Você é quem decide! Então, seja forte, porque os tímidos na fé jamais verão o Altíssimo em ação. Por outro lado, os que crerem verão a glória divina atuar em seu favor (João 11.40).

Israel, pela sua própria força, jamais teria condições de deixar o Egito; todavia, o Onipotente o ajudou. Por quê? Porque Se agradara daquele povo, e o mesmo se dá com qualquer um de nós. Jesus disse que não foi você quem O escolheu, mas Ele o elegeu para que desse muitos frutos (João 15.16). Ele quer libertá-lo e o fará, neste momento, se você Lhe agradar.

Glorificamos o Nome de Deus quando cremos no que Ele afirma e, decididamente, partimos para a batalha. O Senhor gosta de ver os Seus tomando posse da bênção, comendo do bom e do melhor e desfrutando da vida abundante. Para que isso aconteça, basta tomar a decisão de libertar-se do que o atrapalha e faz sofrer. Decida livrar-se do mal e viver com abundância!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

VINTE E QUATRO HORAS

Uma hora hoje vale duas amanhã. Thomas Fuller
todas as pessoas, não importa se ricas ou pobres, famosas ou sem nenhuma fama, poderosas ou sem nenhum poder, o fato é que todos nós temos exatamente 24 horas em cada dia. A diferença entre sucesso e mediocridade não está no tempo que temos à nossa disposição mas sim no que fazemos com esse tempo.
A esta hora amanhã, você poderá estar no mesmo lugar em que você está hoje. Ou talvez você possa estar vinte e quatro horas à frente na sua jornada rumo à concretização dos seus sonhos. Tudo depende da maneira como você está gastando essas vinte e quatro horas. Elas passarão – essa é uma fatalidade – quer você queira ou não.
Agora, é um momento cheio de oportunidade, porque agora, neste momento você pode decidir fazer uma diferença. Você pode começar agora a encher o seu dia com um positivo disciplinado esforço rumo as suas realizações. E amanhã quando você olhar para trás ficará abismadamente surpreso o quanto você realizou. .
Nélio DaSilva
Ensina-nos a contar os nossos dias, para que alcancemos coração sábio. Salmos 90:12

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Onde estão os clips Bill Jones

Dia e noite, pesquisadores investigam os mistérios de nossa existência: a possibilidade de vida em outros planetas, doenças incuráveis, a origem do Sistema Solar, a base genética da vida. Estas são as Grandes Questões. Mas ao mesmo tempo, alguns pesquisam pequenas questões. Por exemplo: Para onde vão os clips de papel?O Lloyd's Bank of London, por exemplo, acompanhou o destino de 100.000 clips de papel e observou que somente 2.000 foram usados para segurar papéis. O banco disse que 14.163 foram dobrados e torcidos durante conversações telefônicas, 19.143 foram usados como fichas em jogos de cartas, 7.200 como alfinete de roupas, 5.434 tornaram-se palitos de dentes ou cotonetes, 5.308 foram transformados em limpadores de unhas, 3.916 limparam cachimbos e muitas outras coisas, e 40.000 vergonhosamente caíram no chão e foram varridos para o lixo. É interessante ver que algo tão bem inventado e tão útil possa ser tão mal usado e freqüentemente, pelo menos aparentemente, desperdiçado!O que você está fazendo com sua vida? Muitas pessoas estão palitando os dentes ou coçando as orelhas quando Deus definitivamente nos fez para trazermos glória e honra ao seu nome pela vida que vivemos. Que tipo de clips é você? Está sendo usado corretamente para o que foi criado, ou será que já foi para o lixo? Pode ser que você, como clips, nunca tenha realmente sido usado para segurar papel.Deus tem um plano para a sua vida! Coloque sua vida nas mãos dele, e pergunte a Ele como você pode ser útil."Ponha a sua vida nas mãos do Deus Eterno, confie nele, e ele o ajudará"Bíblia, livro de Salmos, capítulo 37 verso 5Ele só está esperando a sua autorização para transformar você em uma pessoa nova, e com certeza muito diferente.
Extraído do livro "Como seguir a Jesus" de Bill Jones

terça-feira, 8 de setembro de 2009

BÊNÇÃOS IMUTÁVEIS

“Porque as montanhas se desviarão e os outeiros tremerão; mas a minha benignidade não se desviará de ti, e o concerto da minha paz não mudará, diz o SENHOR, que se compadece de ti” (Isaías 54.10).As decisões do Senhor não mudam, são eternas. O ato dEle de ter olhado para nós e nos amado, compadecendo-Se de nós, jamais se desviará da nossa vida, pois a Aliança que Ele fez no sangue de Jesus é para sempre.Assim como o Altíssimo não sofre variação, as decisões dEle não são alteradas. Tudo pode mudar, mas o Senhor jamais será movido por nada. Ele é a Rocha na qual devemos construir a nossa confiança (Isaías 26.4). Quando Deus decidiu nos amar e fazer povo Seu, Ele fez isso para nunca Se arrepender. As montanhas, por mais firmes que pareçam ser, irão desviar-se. Os outeiros também se mudarão, mas as resoluções divinas não sofrem modificações. Ainda que nos esqueçamos dEle e Lhe viremos as costas, o que Ele fez em nosso favor continuará para sempre.O coração benigno do Senhor fez com que Ele olhasse para nós – seres sem expressão, pecadores com os piores qualificativos – e nos amasse apesar de nossas imperfeições. Haja o que houver, essa benignidade não nos desamparará, mas estará sempre diante dEle, como um advogado, pleiteando a nossa causa. Se o prezado leitor foi muito longe no pecado e agora está convencido de que Deus não mais Se interessa por você, não deixe o diabo enganá-lo mais, pois a bondade a qual fez com que Ele amasse você não irá abandoná-lo. Ela está em operação para favorecer sua vida!Temos outro favor divino de suma importância: a eterna Aliança feita no sangue de Jesus. Nela, temos direito ao perdão de todos os nossos pecados e a todas as bênçãos que Deus tem e pode produzir. Nesse pacto, a nossa sorte foi selada para sempre. Ninguém nos pode tirar das mãos de Deus e do Senhor Jesus Cristo (João 10.27-30). Tudo isso é nosso porque a compaixão divina foi decretada sobre nós. Só sairemos da presença divina se formos estúpidos o suficiente para acreditarmos nas mentiras do inimigo. Somos o melhor de Deus, e Ele deseja aperfeiçoar-nos.Quando Davi caiu em pecado com Bate-Seba, Deus mandou o profeta Natã repreender o rei para que este não ficasse separado do Senhor (2 Samuel 12). O mesmo o Pai faz com todas as pessoas que se deixam levar pelo engano do pecado e saem da Sua presença. Não importa o quão longe você tenha ido, volte agora! Este é o momento para se acertar com Deus!Em Cristo, com amor,
R. R. Soares

domingo, 6 de setembro de 2009

A Perfeita Imperfeição da Igreja!


Bem, esses dias tenho pensado muito na questão da igreja, por que as coisas são estranhas?Por que pessoas as vezes te tratam mal quando você dá uma ideia boa para ajudar a mocidade? Por que o pastor trata mal os membros mais simples de sua igreja? Por que tentam mudar o que esta escrito na bíblia?As coisas andam muito estranhas, pessoas fazendo coisas que não combinam com um caráter cristão e todos acham isso normal. As pessoas não fazem mais as coisas de coração, só fazem porque o "nosso pastor mandou", ou para ter seu nome falado lá na frente, o interessante é que quem faz coisas pequenas mas que ajudam a igreja nunca são lembradas, só as que fazem coisas super mega power grandes que são lembradas, enfim, a situação me entristece a cada dia.Segunda-feira li um texto que achei muito bom, que é o título desse post, portanto leiam ai, você entenderá a perfeita imperfeição da igreja!Leitura: Mateus 18Tem gente que ainda não entendeu que quando Jesus disse “onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, eu aí estou no meio deles”, Ele estava ensinando qual é o vértice espiritual e histórico que dá significado à Igreja; ou seja: Ele ensina o que “realiza a verdade” da Igreja, como encontro humano.E o contexto fala de reconciliação. Um irmão “ofendido” tem que procurar o “ofensor” e tentar ganhá-lo. E isto deve ser feito insistentemente, até que o próprio ofensor rejeite toda conciliação.A palavra grega que designa essa “reunião” é mesma que fala de harmonia, como se o que estivesse em curso fosse uma “afinação de instrumentos”.O outro pólo mais adulto dessa proposta está em Lucas, quando Jesus diz que se deve perdoar ao irmão até setenta vezes sete num único dia. Ou seja: a proposta de Jesus nos põe a todos de calça curta, e necessitados de dizer: “Senhor, aumenta-nos a fé; pois ainda não somos cristãos”.Até o quarto século o que impressionou os “pagãos” que observavam os cristãos não era a “perfeição” deles, mas o amor e a graça com a qual se tratavam e tratavam o mundo.“Olhem como se amam!” - era a estupefação que ecoava nas palavras de gente que olhava os cristãos de fora, conforme vários testemunhos encontrados em antigos textos históricos.Portanto, a perfeição da igreja é não se “vender como perfeita”, mas sim se revelar, sem ensaio e performance, como lugar de misericórdia e graça.Não é possível esperar perfeição de nenhum de nós. Somos caídos e maus...o melhor de nós ainda é mau.O que nos faz diferentes é nossa atitude, se é honesta com a nossa própria Queda, e, sobretudo, sincera com a Graça que todos nós temos recebidos.Daí a perfeição do discípulo ser sua humildade... humildade para ser, sem ser ainda o que deseja; humildade para viver com misericórdia, pois ele mesmo carece dela, todos os dias, nos céus e na terra.Repito: o problema da “igreja” nunca foram os seus erros humanos, mas sim a sua arrogância em relação a não se enxergar, e oferecer-se como a Representante de Deus na terra.Quem desejar, que tente!Mas no dia em que deixarmos de lado toda essa empáfia e formos apenas gente da Graça, então, assustados veremos o respeito que o mundo nos terá; conforme aconteceu até o ano 332 da presente era, ainda que algumas vezes o lugar do testemunho tenham sido cruzes e arenas...E havia problemas antes disso? Sim, sempre houve muitos problemas!Quem conhece a História sabe deles. E quem lê os textos produzidos nos dois primeiros séculos, sabe da quantidade de dificuldades internas que os vários grupos cristãos tiveram. Todavia, tais problemas não foram problemas reais enquanto o sentido de “irmandade na Graça” esteve presente.Não foi a perfeição da Igreja que abalou o Império Romano. Foi a sua perfeita-imperfeição; ou seja: sua humanidade vivida sob a graça; e que falava da Boa Nova em Jesus, não nela mesma. Nela havia humildade, serviço, confissão, comunhão e coragem sem empáfia. Me sinto um bobo escrevendo coisas tão BÁSICAS, mas é que fico assustado quando vejo que os crentes de hoje não têm umbigo, e pensam que estão inventando a “igreja” agora. E pior: dói-me ver que alguns dizem: “É assim mesmo...temos que nos acostumar...quando é que já foi diferente?”Bem, foi diferente apenas enquanto todos se sabiam filhos da misericórdia e buscavam renovar a mente conforme o entendimento na Graça; e que só se manifesta no nível horizontal como amor e simplicidade no trato humano, o que acontece naturalmente quando a arrogância dá lugar à gratidão em razão da consciência acerca do perdão recebido.Jesus não pede perfeição —mesmo quando diz “Sede perfeitos, como perfeito é vosso Pai...”, pois a única perfeição humana é assumir sua própria imperfeição, e, assim, imitar o Pai, não em sua Perfeita-Perfeição, mas em Sua Graça, que Ele derrama sobre justos em injustos.A perfeição da Igreja é ser humildemente filha desse Pai que a todos trata com misericórdia!Quem não for cego, que veja; quem não for surdo, que ouça; quem tiver entendimento, não o feche; e quem tiver sido objeto da Graça, que a sirva aos outros.Nossa perfeição é a Justiça de Cristo!
Via Gilson Contra Heresia
Fonte : Caio Fabio
Vi no http://blogdopcamaral.blogspot.com/

sábado, 5 de setembro de 2009

OSTRA

Ostra que não foi ferida não produz pérolas.
A ostra que não foi ferida não produz pérolas, as perolas são feridas curadas, pérolas são produto da dor, resultado da entrada de uma substância estranha ou indesejável no interior da ostra, como um parasita ou um grão de areia.A parte interna da concha de uma ostra, é uma substância lustrosa chamada nácar. Quando um grão de areia penetra, as células do nácar começam a trabalhar e cobrem o grão de areia com camadas e mais camadas para proteger o corpo indefeso da ostra. Como resultado? Uma linda pérola é formada.Uma ostra que não foi ferida de algum modo, não produz pérolas, pois a pérola é uma ferida cicatrizada.
Fonte:Otimismo em Rede.com

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

SERVO INTRÉPIDO

“Não terei medo de dez milhares de pessoas que se puseram contra mim ao meu redor” (Salmo 3.6).
A linguagem da fé surpreende e nos faz superiores a qualquer ameaça. Além disso, a voz da fé agrada ao Senhor e apavora o inimigo. A palavra dita com fé tem o mesmo poder das palavras pronunciadas por Jesus. Só confesse o que essa virtude o impulsiona a dizer, pois quem se reveste dela torna-se invencível!
Quem não está acostumado com pessoas de fé e ouve uma delas falar do que pode fazer em Cristo pensa que está diante de um insensato ou um tagarela inconsequente. Mas a verdade é que essa virtude divina nos faz agir como indivíduos poderosos, como aconteceu a todos aqueles que serviram a Deus no passado. Quando tomamos posição com fé, sabemos que ela é a linguagem a qual o Senhor deseja que tenhamos. No entanto, algumas pessoas, que se dizem de Deus, possuem um linguajar muito negativo, bem diferente daquela que possui fé e fala com ousadia!
Não estamos sendo irracionais quando, cheios de fé, declaramos o que o Senhor nos disse, porque ela não é um desejo ou uma necessidade, mas uma convicção, uma certeza que vem ao nosso coração por darmos ouvidos à Palavra de Deus (Romanos 10.17). Ela nos faz superiores às ameaças do inimigo e nos dá força para tirar uma ovelha das garras do leão e livrar outra da boca de um urso. Mesmo que estes se lancem contra nós, serão rasgados do mesmo modo que se rasga um trapo de pano velho.
Quando declaramos o que a fé nos diz, agradamos a Deus; entretanto, ao proferirmos as mentiras do inimigo, desagradamos ao Senhor. Fazendo isso, nós O impedimos de agir em nosso favor, pois Suas mãos ficam atadas, Seu poder fica inerte, e o maligno nos arrasa com suas obras. Foram declarações e atitudes de fé que fizeram com que o Senhor dissesse que havia achado Davi, um homem segundo o Seu coração (1 Samuel 13.14; Atos 13.22). De que modo você tem falado? Deus tem-Se agradado ou desagradado das suas palavras?
A voz que agrada a Deus apavora o diabo, o qual sabe que, por trás de uma declaração de fé, vem uma chuva de fogo que irá queimá-lo. Como acontecia na ocasião em que Jesus falava, assim ocorre quando alguém, com fé, ordena a saída de qualquer mal.
Não faça nenhuma declaração fora da fé. Somente o Senhor Deus deve impulsioná-lo a se pronunciar. Ore, busque e, quando essa virtude inundar seu coração, revista-se dela, e, então, suas declarações serão tão invencíveis quanto foram as do Senhor Jesus.
Em Cristo, com amor,
R. R. Soares

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

QUANDO TUDO DÁ ERRADO

O que se faz naquele dia em que tudo parece dar errado? Há quem diga: Levantei com o pé esquerdo. Entende-se que quem assim fala, acredita que um pé é mais valioso do que outro. Esquece-se de que ambos os pés são preciosos, pois que a base sobre a qual recai o peso do corpo, sustentado pelas pernas. De toda forma, nesse dia em que tudo deve dar errado, porque começou errado, o que fazer? Primeiro: repelir a idéia de uma perseguição de Deus aos Seus filhos. As coisas não dão errado porque Deus quer. Dão errado porque nós, os Seus filhos, agimos errado. Vejamos. Você levantou pela manhã atrasado? De quem é a culpa? Não é do despertador, que não soou o alarme, ou soou mais tarde. A questão é sua, porque quem programa as funções do aparelho é você. Portanto, não há porque se zangar. O que acontece, em seguida, para o melhor ou para o pior, é sua decisão. Você pode levantar de um pulo, pôr-se em pé, sair às tontas do quarto e... se bater na porta, em um móvel. Pensasse que nada traria de volta os minutos passados, levantaria com calma e faria tudo com mais vagar. Quando você está com pressa e tenta fazer várias coisas ao mesmo tempo, tem muita probabilidade de algo desagradável acontecer. O leite transborda, sujando o fogão, você se corta ao fazer a barba, o botão da camisa cai, pela violência que você usa, tentando abotoá-lo. Enfim, a lista é quase interminável. E a culpa, com certeza, não é de Deus. Faça tudo com calma. O carro não dá partida? Verifique o porquê e resolva, se possível, sem se estressar. Perdeu o horário do ônibus? Lembre que a sua ansiedade ou a sua irritação não fará o próximo se adiantar. Espere. Se preciso, avise seu superior, sua chefia, seu cliente, do atraso. Se perderá uma aula, uma prova, já perdeu. De que adianta gritar, se zangar? Nada trará de volta os minutos perdidos. A palavra já diz: perdidos. O trânsito está congestionado? Não faça tolices, não viole as regras do bom motorista. Tenha sempre à mão um livro, uma revista e aproveite o tempo. A chuva o surpreendeu no caminho? Aguarde um pouco. Tudo passa. A chuva também passa. Aguardar um pouco não lhe deve causar maior preocupação. Enfim, em tudo seja responsável e pense que em suas mãos está permitir que tudo ande nos eixos, ou não ande. Tudo se resolva, a pouco e pouco, ou não. Por fim, pense: não vale a pena perder minutos preciosos da vida por estresse, irritação ou impaciência. Deus quer a sua felicidade. Colabore com Ele nesta conquista.
Tudo no Universo traduz harmonia, precisão. Os planetas obedecem às suas trajetórias e cada qual se enquadra, na linha do dever que lhe é própria. Os astros giram, as estrelas lançam sua luz ao espaço. Tudo obedece ao Grande Pai de todos nós. Não sejamos diferentes. Harmonizemo-nos. Colaboremos com nossa própria felicidade. E pensemos a cada dia: Hoje tudo vai dar certo. Perfeitamente certo. Eu farei o possível para tudo acontecer acertadamente.

Fonte: http://www.otimismoemrede.com/

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Paradas Ilusórias

"E não vos conformeis a este mundo..." (Romanos 12:2). Um pequeno menino, que vivia no campo, nunca havia visto um circo. Um deles estava chegando à sua cidade no sábado. O sábado chegou. O menino pediu dinheiro a seu pai para ir assistir o circo. Seu pai meteu a mão no bolso e retirou uma nota, entregando-a ao filho. Era a maior quantidade de dinheiro que aquele menino já havia tido em sua mão. Com os olhos arregalados e brilhantes, ele saiu e foi para a cidade. Logo que chegou à cidade ele viu grande quantidade de pessoas que se amontoavam ao longo da rua principal. Procurou por um lugar onde pudesse ver alguma coisa, acabou encontrando uma vaga e ali se colocou. Foi então que teve o primeiro vislumbre da parada que ali passava. Haviam animais colocados em jaulas e uma banda tocando. Finalmente ele viu um palhaço que divertia a todos no fim do desfile. O pequeno menino estava tão excitado que quando o palhaço passou, ele pegou no bolso o seu precioso dinheiro e entregou ao palhaço. Pensando ter visto o circo, quando havia visto apenas a parada, o pequeno menino se virou e voltou para casa. O pior não é que aspiramos muito alto e falhamos, mas que nos conformamos com muito pouco. Poderíamos ter uma influência maior, mas por medo ou ignorância, por vergonha ou inércia, pegamos a nota de valor mais precioso que possuímos -- a nossa própria vida, e seguimos em direção à parada, em vez de buscarmos o que é real e que verdadeiramente tem importância. Deus tem coisas maravilhosas para nós. Pagou um preço alto -- o sacrifício de Seu Filho, para que pudéssemos desfrutar as grandes bênçãos que preparou para nós. Ele nos revestiu da verdadeira alegria e nossos olhos puderam novamente brilhar de prazer. Mostrou-nos o caminho a seguir, mas iludidos pelos sons e desfiles deslumbrantes deste mundo, muitas vezes deixamo-nos envolver de tal forma que ficamos impressionados com a parada e perdemos o verdadeiro espetáculo que Deus nos concedeu: a felicidade de uma vida

terça-feira, 1 de setembro de 2009

PALAVRAS DE TOLICE NA BOCA DE MUITOS

“E dizendo: Onde está a promessa da sua vinda? Porque desde que os pais dormiram todas as coisas permanecem como desde o princípio da criação” (2 Pedro 3.4).
Nessa passagem, o apóstolo Pedro declara que, nos últimos dias, muitos zombariam das promessas de Deus. Infelizmente, os ímpios nem se dão conta de como Satanás os tem levado a fazer coisas irracionais, como, por exemplo, caçoar dos assuntos do Senhor. Aliás, os deboches sempre estiveram na boca de muitos considerados sábios. Porém, verdadeiros sábios são os que aguardam o cumprimento da promessa divina.
Pedro chamava a atenção para um tempo em que o “espírito de bobeira” possuiria muita gente, causando questionamentos tolos. Hoje, existem aqueles que têm sido usados pelo inimigo como se fossem “amostras grátis” desse triste agir. Ora, achincalhar a Palavra de Deus é a maior ignorância que alguém pode cometer! Mesmo assim, o espírito do erro levará essas pessoas a encontrarem razões para pregar o contrário da Mensagem divina. Então, fuja desses que falam do que não entendem e raciocinam sobre o que não aprenderam, pois, enquanto não se converterem ao Senhor, jamais serão iluminados, e, além disso, seu futuro será a perdição.
Quando criança, eu observava como Satanás fazia os incrédulos agirem como irracionais. Eu já era convertido ao Evangelho e, da janela de minha casa, observava passar um grupo de pessoas – dentre comerciantes, juízes de Direito, promotores públicos e políticos –, revezando-se para carregar um andor no qual jazia a imagem de algum ídolo que chamavam de santo. Por conhecer o que diz a Bíblia, especialmente em Isaías 44.14-20 e no Salmo 115.4-8, eu ficava boquiaberto com a falta de sabedoria delas e, ao mesmo tempo, sentia que era meu dever pregar-lhes a Verdade.
Na Idade Média, os sábios também riam da Sagrada Escritura. Por exemplo, Isaías disse, na Palavra, que a Terra era redonda, mas os pensadores da época medieval acreditavam que nosso planeta era chato e havia grandes colunas que o seguravam. Hoje, as fotos de satélite os desmentem.
O que ainda não se entende da Palavra, mais cedo ou tarde, será provado como verdadeiro. É assim que se vê quem, realmente, é prudente. Por isso, não discuta com os perdidos nem leve em conta as brincadeiras, chacotas e agressões que poderão fazer a você, pois eles precisam ser amados e necessitam de uma verdadeira conversão. Somos os únicos que podem dar-lhes o verdadeiro amor de Deus. Além disso, sabemos que, para serem salvos, é necessário que o Altíssimo os conduza até o Salvador. A obra é toda do Senhor! Apenas ore e creia, pois, agindo assim, o nosso Brasil, em breve, será de Jesus!
Em Cristo, com amor,
R. R. Soares