COMO GANHAR DINHEIRO LENDO EMAIL

Ganhe dinheiro lendo e-mails! Trabalhe lendo e-mails, anúncios e ganhe dinheiro na internet! Cadastre-se agora através do meu convite!
http://www.e-clicky.net/herculano

sexta-feira, 30 de julho de 2010

O SEU ALVO



Poderdes perfeitamente compreender, com todos os santos, qual seja a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade e conhecer o amor de Cristo, que excede todo entendimento, para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus (Efésios 3.18,19).

No plano de Deus, todos têm as mesmas oportunidades. O desejo do Senhor é que compreendamos Seu amor, o qual O fez enviar Seu único Filho para nos resgatar do império das trevas (João 3.16; 1 Pedro 2.9). O alvo que devemos atingir é conhecer a largura, o comprimento, a altura e a profundidade desse amor celestial. Isso significa que ainda temos muito a conquistar. Que não sejamos vagarosos nem preguiçosos nessa missão!

Uma coisa é certa: o Senhor não tem preferidos (Atos 10.34). Em Seu coração, temos o mesmo lugar e mesmas oportunidades. O que nos falta é entender quem somos, o que nos pertence e o que Deus nos capacita a fazer (João 14.12). Jamais conseguiremos realizar as obras que Jesus fazia se não chegarmos ao plano espiritual que Ele vivia.

Paulo não estava orando fora da vontade de Deus, pois sabia que, se assim o fizesse, não teria seu pedido atendido. Ele clamava para que todos pudessem compreender perfeitamente o que moveu o Senhor a enviar Seu Filho. Como essa oração precisa ser feita hoje! A maioria das pessoas, simplesmente, não entende o que o Salvador veio fazer e o que, de fato, realizou. Por não compreender isso, elas se tornam religiosas e não praticantes da Palavra.

Para conseguir o esclarecimento do grande amor do Senhor, é necessário colocar isso como objetivo. Então, ao orar e ao meditar no que lhe saltou aos olhos durante a leitura bíblica ou lhe foi revelado ao longo da pregação da Palavra de Deus, fique atento e observe o que lhe está sendo ministrado. Isso alargará e aumentará seu conhecimento do amor divino.

O aprendizado que podemos receber do Pai é ilimitado. Quanto mais o obtemos, mais temos à nossa espera. Por isso, precisamos prosseguir no conhecimento de Deus (Colossenses 1.10) e explorar a largura, o cumprimento, a altura e a profundidade do amor dEle, algo que, provavelmente, mesmo sendo muito dedicados, jamais se esgotará. Mesmo fazendo tudo, como aconteceu com Josué, no final de nossa caminhada, ainda haverá muita terra por conquistar.

O segredo, contudo, é não ser vagaroso nem preguiçoso. Não devemos imitar os preguiçosos que tiram tempo para dormir, tosquenejar e cruzar os braços, sobrevindo-lhes a pobreza como um ladrão (Pv 6.10,11). É preciso ser prudente como as cinco virgens que guardaram o azeite e entraram para as bodas com o noivo (Mateus 25.1-13). Jesus virá e, quando isso acontecer, deve achar-nos acordados e vigilantes!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

domingo, 25 de julho de 2010

PENSE NAS COISAS DO ALTO



Pensai nas coisas que são de cima e não nas que são da terra (Colossenses 3.2).

Quem vive pensando em coisas materiais nunca será uma pessoa espiritual. O amor ao mundo e àquilo que existem nele não deve habitar no coração dos cristãos (1 João 2.15), pois lhes rouba a oportunidade de se prepararem para os combates que, certamente, virão. Por isso, a nossa mente precisa ser treinada a meditar naquilo que é concernente a Deus, pois quem o faz descobre segredos que irão torná-lo vitorioso.

Se deixar sua mente se inchar com as coisas deste mundo, você impedirá seu espírito de crescer na graça e no conhecimento de Cristo Jesus. Quem agir dessa forma nunca deixará de ser carnal. Já aquele que se dedica a ter em seu pensamento os assuntos divinos torna-se alguém poderoso na Palavra e em ações.

Amar o mundo e o que nele existe nos rouba a capacidade de enfrentarmos as tentações e vencê-las, pois, quando o amor ao mundo e às coisas mundanas impera em nossa mente, ele nos mantém presos à carne e às suas paixões.

Podemos desejar os bens que existem na terra, mas isso não deve ser o centro da nossa atenção. No entanto, se vivemos pensando nas coisas do Alto e ainda sentimos necessidade de possuir algum bem, basta-nos tão-somente orar, pois, ao pedir em Nome de Jesus, o Pai concede o que for bom para nós. Por outro lado, aquele que se dedicar a pensar nas coisas do mundo, desejá-las e lutar por elas descobrirá que, sem Cristo, é difícil obtê-las.

O segredo é treinar a mente a pensar naquilo que vem do Alto. Com isso, nós nos fortaleceremos e teremos habilidades que nos farão possuir o melhor desta vida. Mas, se vivermos deslumbrados com as coisas dessa terra, jamais as teremos em abundância.

Os desejos materiais roubarão de nós as oportunidades de extrairmos da Palavra o que nos será útil para enfrentarmos as lutas e vencê-las. Por isso, equivocam-se os cristãos que ainda são presos pela vaidade, pela fascinação das riquezas e pelo desejo desenfreado de possuir os bens deste mundo. Podemos ter o melhor da vida e desfrutar dele, mas esse não deve ser o nosso alvo, mas, sim, conhecer o Senhor, fazer Sua vontade e viver conforme Ele quer que vivamos.

Para quem agrada a Deus, até os desejos do seu coração serão supridos (Salmo 37.4). Então, ao dedicar tempo para pensar nas coisas do Alto, o nosso coração encontrará caminhos que, até então, eram ocultos. São esses caminhos que nos fazem vencer as batalhas. Trilhando-os, conseguiremos realizar as mesmas obras do Senhor Jesus.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares


terça-feira, 20 de julho de 2010

NÃO TEMA O FILHO DA PERDIÇÃO


Porque já o mistério da injustiça opera; somente há um que, agora, resiste até que do meio seja tirado (2 Ts 2.7).

O homem da iniquidade, o filho da perdição, um dia, será revelado. Isso acontecerá antes da volta de Jesus. O mistério da injustiça já opera, porém, o iníquo ainda não pode aparecer. No devido tempo, ele irá mostrar-se, mas, graças a Deus, o Senhor Jesus irá matá-lo com o sopro da Sua boca (2 Ts 2.8). Não temos de ficar preocupados com o filho da perdição, pois o Filho de Deus reina em nosso coração. Com Jesus, enfrentaremos qualquer situação e sairemos vencedores (Romanos 8.37).

O mundo está caminhando para esse dia, quando o filho da perdição, o homem da iniquidade, aparecerá com solução para tudo. As pessoas irão aplaudi-lo e, ao mesmo tempo, afastar-se-ão de Deus. No entanto, o futuro desse imundo será triste, pois, ainda que solucione os problemas desse mundo, não conseguirá evitar o sopro da boca do Mestre.

Tudo tem seu tempo para se cumprir (Eclesiastes 3.1-8), e a vinda desse iníquo ocorrerá um pouco antes da volta do Senhor. Contudo, o mesmo Evangelho que Jesus pregava terá de ser ministrado em todo o mundo com testemunho para que esse se manifeste.

A “cama” para o surgimento desse filho da perdição está sendo preparada. Toda a capacidade do homem em resolver seus dilemas será testada e fracassará. Então, surgirá esse mestre o qual trará a solução que a humanidade julga ser a melhor. Como nos dias do antigo Império Romano, havendo circo e pão, o povo ficará contente.

Ele irá assentar-se no trono de Deus, passando-se por deus, e, por possuir toda a capacidade de Satanás, e ser o enviado desse, usará de todo ardil para fazer a humanidade ficar boquiaberta. Nesses últimos meses, vimos o mundo todo ficar assim com Barack Obama. Esse homem, de uma hora para outra, foi tomado como aquele que dará solução a tudo no planeta e, se conseguir fazer com que o mundo prospere e viva melhor, sem dúvida, será carregado nos braços e aclamado como salvador da humanidade. Já o filho da perdição conseguirá uma paz a qual fará as pessoas pensarem que, agora, sim, conseguiram a resolução para tudo. Então, Jesus o desfará pelo assopro da sua boca.

Nenhum cristão deve preocupar-se com esse iníquo, pois quem tem o verdadeiro Rei e Senhor reinando no coração terá a capacidade para enfrentar qualquer investida do maligno e sair vencedor. Importa que, hoje, façamos a vontade de Deus e, quando chegar o dia do filho da perdição, o Senhor saberá estar com os Seus e nada, absolutamente nada, irá causar-lhes dano.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

quinta-feira, 15 de julho de 2010

UMA UNIÃO QUE SANTIFICA QUALQUER ALIMENTO



Porque, pela palavra de Deus e pela oração, é santificada (1 Timóteo 4.5).

A Palavra de Deus e a oração têm um poder além da nossa compreensão: elas santificam qualquer alimento, desde que recebido com ações de graças. Os corruptos de entendimento trazem as proibições da Lei de Moisés para os nossos dias. Não sabendo o que falam, são usados pelo inimigo para nos privar de prazeres e bênçãos os quais estão à nossa disposição. De suas bocas saem mentiras por causa das mentes fracas. São hipócritas e têm a própria consciência cauterizada (1 Timóteo 4.1,2; Efésios 4.18). No entanto, tudo é puro para quem é puro (Tito 1.15).

A união da Palavra de Deus e da oração coloca o poder do Senhor em ação. Agindo conjuntamente, elas santificam qualquer alimento. A oração feita de acordo com a Palavra é chamada da oração da fé, a qual pode até perdoar pecados quando feita sobre um doente. O limite para a operação do poder do Altíssimo na vida de uma pessoa a qual age segundo as Escrituras e ora é o quanto ela crê.

Todos os alimentos devem ser recebidos com ações de graças, e não com o balbuciar de algumas palavras que certas pessoas proferem diante de um prato de comida. Muitas vezes, elas oram para não ficar mal diante dos presentes, ou por costume. Mas, se a oração for feita com fé no que a Palavra declara, ainda que no alimento se encontre algo mortífero, nada de ruim sucederá a quem foi agradecido ao Senhor.

As pessoas que não se curvam diante de Deus têm o entendimento corrompido pelas coisas do mundo. Como sepulcros caiados, pela maneira como falam e procedem, parecem-se bonitas espiritualmente, mas seu interior está todo comprometido com os enganos do inferno (Mt 23.27). Elas chegam até proibir o casamento, o qual é digno de toda honra.

O que sai dos lábios delas não deve ser levado a sério, pois falam mentiras. Suas mentes não-fortalecidas pela Palavra de Deus buscam em qualquer fonte inspiração para a realização de seus maus propósitos.

Esses débeis espirituais acham que o Senhor lhes dará um desconto por estarem esforçando-se para fazer a “vontade” de Deus, mas, na verdade, é a vontade deles que realizam. Como são hipócritas e não querem humilhar-se diante do Pai, não conseguem produzir nada que se possa aproveitar. O que é nascido da carne não tem jeito: é carne (Jo 3.6). A consciência deles já não os incomoda mais por estar cauterizada.

Para aqueles que são puros, tudo o que Deus criou é puro e deve ser recebido com ações de graças. Seja um praticante da Palavra e da oração, a união que santifica qualquer alimento.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares


sábado, 10 de julho de 2010

Marca de Amor



Um menino tinha uma cicatriz no rosto, as pessoas de seu colégio não falavam com ele e nem sentavam ao seu lado, na realidade quando os colegas de seu colégio o viam franziam a testa devido à cicatriz ser muito feia.

Então a turma se reuniu com o professor e foi sugerido que aquele menino da cicatriz não freqüentasse mais o colégio, o professor levou o caso à diretoria do colégio.

A diretoria ouviu e chegou à seguinte conclusão:

Que não poderia tirar o menino do colégio, e que conversaria com o menino e ele seria o ultimo a entrar em sala de aula, e o primeiro a sair, desta
forma nenhum aluno via o rosto do menino, a não ser que olhassem para trás.

O professor achou magnífica a idéia da diretoria, sabia que os alunos não olhariam mais para trás. Levado ao conhecimento do menino da decisão ele
prontamente aceitou a imposição do colégio, com uma condição:

Que ele compareceria na frente dos alunos em sala de

aula, para dizer o por quê daquela CICATRIZ.

A turma concordou, e no dia o menino entrou em sala dirigiu-se a frente da sala de aula e começou a relatar:

- Sabe turma eu entendo vocês, na realidade esta cicatriz é muito feia, mas foi assim que eu a adquiri:

- Minha mãe era muito pobre e para ajudar na alimentação de casa minha mãe passava roupa para fora, eu tinha por volta de 7 a 8 anos de idade...
A turma estava em silencio atenta a tudo .

O menino continuou: além de mim, haviam mais 3 irmãozinhos, um de 4 anos, outro de 2 anos e uma irmãzinha com apenas alguns dias de vida.

Silêncio total em sala.

-... Foi aí que não sei como, a nossa casa que era muito simples, feita de madeira começou a pegar fogo, minha mãe correu até o quarto em que estávamos pegou meu irmãozinho de 2 anos no colo, eu e meu outro irmão pelas mãos e nos levou para fora, havia muita fumaça, as paredes que eram de madeira, pegavam fogo e estava muito quente... Minha mãe colocou-me
sentado no chão do lado de fora e disse-me para ficar com eles até ela voltar, pois minha mãe tinha que voltar para pegar minha irmãzinha que continuava lá dentro da casa em chama. Só que quando minha mãe tentou entrar na casa em chamas as pessoas que estavam ali, não deixaram minha mãe buscar minha irmãzinha, eu via minha mãe gritar:

- "Minha filhinha está lá dentro!" Vi no rosto de minha mãe o desespero, o horror e ela gritava, mas aquelas pessoas não deixaram minha mãe buscar minha irmãzinha...

Foi aí que decidi. Peguei meu irmão de 2 anos que estava em meu colo e o coloquei no colo do meu irmãozinho de 4 anos e disse-lhe que não saísse dali até eu voltar. Saí de entre as pessoas, sem ser notado e
quando perceberam eu já tinha entrado na casa. Havia muita fumaça, estava muito quente, mas eu tinha que pegar minha irmãzinha. Eu sabia o quarto em que ela estava. Quando cheguei lá ela estava enrolada em um lençol e chorava muito... Neste momento vi caindo alguma coisa, então me joguei em cima dela para protegê-la, e aquela coisa quente encostou-se em meu rosto...

A turma estava quieta atenta ao menino e envergonhada, então o menino continuou: Vocês podem achar esta CICATRIZ feia, mas tem alguém lá em casa que acha linda e todo dia quando chego em casa, ela, a minha irmãzinha me beija porque sabe que é marca de AMOR.

Vários alunos choravam, sem saberem o que dizerem ou fazerem, mas o menino foi para o fundo da classe e imovelmente sentou-se.

Para você que leu esta história, queria dizer que o mundo está cheio de CICATRIZ. Não falo da CICATRIZ visível mas das cicatrizes que não se vêem, estamos sempre prontos a abrir cicatrizes nas pessoas, seja com palavras ou nossas ações.

Há mais de 2000 anos JESUS CRISTO, adquiriu algumas CICATRIZES em suas mãos, seus pés e sua cabeça. Essas cicatrizes eram nossas, mas Ele, pulou em cima da gente, protegeu-nos e ficou

com todas as nossas CICATRIZES...

E O QUE VOCÊ ESTÁ FAZENDO POR ELE?

Pastor Adão,


segunda-feira, 5 de julho de 2010

TREINADO POR DEUS


Davi foi dos maiores reis dos tempos bíblicos.
Era um homem experimentado nas batalhas de seu país.
Quando o jovem matou Golias num desafio fora do comum, conquistando grande vitória sobre os Filisteus.
Este rei Davi era harpista e escrevia canções contando as suas lutas, vitórias, derrotas, enfim contando história da sua vida.
No Salmo 144:1 Davi escreve algo sobre si mesmo, que nos ensina uma grande lição de vida.
Ele escreveu o seguinte: "Bendito seja o Senhor, minha rocha, que treina as minhas mãos para a peleja e os meus dedos para a guerra."
Nesta jornada da vida todos nós temos inimigos.
Não me refiro a pessoas, mas a doenças, problemas emocionais e psicológicos, medos, fraquezas, vícios, etc.
Conforme Davi, a solução para ser um vencedor é ser treinado por Deus.
Eu o desafio a ler as Escrituras Sagradas, e descobrir o mais alto conceito de arma espiritual que o fará um vencedor diante das batalhas da vida.
A grande verdade é que uma pessoa que conhece a Deus, seus propósitos e seu amor, será um vencedor.
Quem é treinado por Deus vence o jogo, ainda que seja necessário virar o placar.

(Pr. Edilson Ramos)