COMO GANHAR DINHEIRO LENDO EMAIL

Ganhe dinheiro lendo e-mails! Trabalhe lendo e-mails, anúncios e ganhe dinheiro na internet! Cadastre-se agora através do meu convite!
http://www.e-clicky.net/herculano

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

RIVAIS

 Leitura Bíblica: Salmo 109.1-20
 
Amem os seus inimigos e façam o bem aos que os odeiam, abençoem os que os amaldiçoam, orem por aqueles que os maltratam (Lucas 6.27-28)
 
O texto que lemos hoje assusta? Mas não é assim que agimos muitas vezes? Queremos que Deus nos vingue, castigando aqueles que nos prejudicaram. Davi chegou a pedir que a morte apanhasse seus inimigos de surpresa e eles descessem vivos à sepultura (Salmo 55.15)!

Você pode argumentar que não tem inimigos declarados. Pense, então, naquelas pessoas que tornam a sua vida mais difícil por meio de engano, desrespeito e até violência. Por exemplo, no estado onde moro a rivalidade entre dois principais times de futebol é muito grande. Os comentaristas esportivos dizem que há uma "gangorra": se um dos times está bem, o outro não estará. Sendo assim é muito difícil conviver pacificamente. Trocar de time, então, é considerado traição. A rivalidade é tão "normal" que um dia parabenizei um amigo por uma conquista do time "inimigo" e ele ficou surpreso!

Jesus ensinou que devemos amar nossos inimigos (veja o versículo em destaque). Como é difícil fazer isso! Pensamos que tais pessoas não merecem nosso amor - mas esquecemos que nós também não merecíamos o amor de Deus. Contudo, ele ama os bons e os maus. Cristo morreu para reconciliar com Deus até mesmo aqueles que o crucificaram.

Tenho de admitir: não sou capaz de amar assim. Preciso da ajuda de Deus a cada dia. Somente por amor a ele posso abandonar minhas restrições pessoais e retribuir o mal com o bem. É mais fácil amar apenas quem é agradável e confiável, e que me ama também - mas até as pessoas sem Deus fazem isso! Os cristãos têm de ir além e surpreender os outros fazendo aquilo que eles não esperam. Jesus disse que devemos orar por eles e também demonstrar em ações concretas nosso amor. Se eles não mudarem de atitude, problema deles - nós mudamos! Não seremos mais motivados pelas ações dos outros, mas pelo desejo de obedecer a Deus.
 
Autor: Vanessa Weiler Ribas - Ijuí - RS
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário